A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

19/08/2014 12:21

Deputados dizem que programa eleitoral ajuda pouco em suas campanhas

Leonardo Rocha
Deputado diz que programa eleitoral não ajuda muito na eleição proporcional (Foto: Arquivo)Deputado diz que programa eleitoral não ajuda muito na eleição proporcional (Foto: Arquivo)
Marun ressaltou que programa precisa ser mais um instrumento, porém reuniões são prioridades (Foto: Divulgação)Marun ressaltou que programa precisa ser mais um instrumento, porém reuniões são prioridades (Foto: Divulgação)

Os deputados estaduais afirmaram que o programa eleitoral na TV e no rádio acrescentam pouco na campanha da eleição proporcional, já que o tempo é muito tempo, restando aos candidatos que almejam vagas no legislativo, apenas apresentar nome, número e no máximo uma proposta.

"Tem a ajuda da publicidade, de aparecer para a população, mas é muito rápido, tenho apenas 20 segundos, a campanha verdadeira para nós é nas ruas", ressaltou Osvane Ramos (PROS). Amarildo Cruz (PT) lembrou que não há como mostrar propostas mais abrangentes no programa, ficando difícil apresentar os pontos positivos do trabalho.

"Por esta razão, o horário eleitoral apenas ajuda, mas para mostrar propostas temos que realizar reuniões, tanto que faço de 7 a 10 por dia", disse o petista. O deputado Carlos Marun (PMDB) ponderou que esta aparição se torna mais uma alternativa, que deve ser acrescentada ao contato direito com o eleitor. "Não há como priorizar ou se aprofundar".

Márcio Fernandes (PT do B) foi mais enfático em dizer que esta ferramenta "não ajuda" muito, pois não há como convencer o eleitor em tão pouco tempo. "Tenho 15 segundos, dá para falar o nome e nada mais, preciso visitar os municípios do interior e bairros da Capital para fazer a diferença".

Marquinhos Trad (PMDB) ressaltou que com o tempo disponível aos candidatos, na proporcional, não há como "seduzir" o eleitor com seus projetos e trabalhos desenvolvidos. "O candidato precisa dizer o que já fez, além de quais são seus projetos para o futuro".

Os deputados reconheceram que para eleição majoritária a questão muda de figura, já que os candidatos ao governo estadual tem muito mais tempo para aprofundar as propostas e dizer quais são seus projetos nesta eleição. "Para eles pode decidir quem vai para o segundo turno".

Programas - Horário eleitoral começou hoje (19) na rádio e TV para os candidatos a presidência da república e deputados federais. Eles irão aparecer nas terças, quintas e sábados. Já os candidatos ao governo estadual, Senado e deputado estadual serão às segundas, quartas e sextas-feiras.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions