A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

29/10/2017 16:48

Deputados vão votar relatório da CPI da JBS na próxima terça-feira

Leonardo Rocha
Deputados vão avaliar relatório na terça-feira (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)Deputados vão avaliar relatório na terça-feira (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

Os deputado irão votar o relatório da CPI da JBS, na próxima terça-feira (31), a partir das 15h, no plenarinho da Assembleia. O texto será apresentado e lido no mesmo dia, pelo relator, Flávio Kayatt (PSDB), que já enviou uma cópia aos demais integrantes, para devida avaliação.

Kayatt revelou que o relatório não vai apresentar nenhum pedido de indiciamento de pessoas e que vai citar o acordo judicial, firmado entre JBS e governo estadual, que teve assinatura dos integrantes da CPI.

Neste acordo, a empresa se comprometeu a fazer a devolução de recursos aos cofres estaduais, por não ter cumprido investimentos, para receber incentivos fiscais, em cinco Tares (Termo de acordo de regime especial). O valor exato e forma de pagamento ainda vão ser apurados e definidos de forma conjunta.

Além disto ficou previsto a garantia de manutenção de empregos, pagamento de fornecedores e continuidade no funcionamento dos sete frigoríficos do Estado. Em troca vai ser desbloqueado os bens e contas da empresa, no valor de R$ 730 milhões, no entanto até os pagamentos, a JBS cedeu bens de garantia neste mesmo valor.

Kayatt ainda ponderou que vai fazer um resumo de todo o trabalho feito pela CPI, assim como as provas colhidas na apuração dos auditores, nos cinco tares entre governo e JBS. Também anexadas as defesas dos produtores e autoridades que foram enviadas, em função de denúncias em relação a recebimento de propina ou notas fiscais frias.

A CPI é formada pelos deputados Paulo Corrêa (PR), presidente, Eduardo Rocha (PMDB), vice-presidente, Flavio Kayatt (PSDB), relator, Paulo Siufi (PMDB) e Pedro Kemp (PT), membros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions