A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

09/09/2015 13:07

Deputados voltam a debater sobre CPI do Cimi que ainda não foi criada

Leonardo Rocha
Deputada Mara Caseiro apresenta vídeos e depoimentos contra o Cimi (Foto: Roberto Higa/ALMS)Deputada Mara Caseiro apresenta vídeos e depoimentos contra o Cimi (Foto: Roberto Higa/ALMS)

Enquanto a presidência da Assembleia não se decide sobre a criação da CPI contra o Cimi (Conselho Indigenista Missionário), os deputados continuam o debate sobre o tema, com apresentação de provas, depoimentos e até vídeos para provar que existem fatos para iniciar a investigação. Já a bancada do PT diz que a única intenção dos apoiadores é achar culpados para o conflito no campo.

A deputada Mara Caseiro (PT do B) apresentou uma série de vídeos que mostram depoimentos de alguns indígenas que reconhecem que o Cimi incentivava as invasões e só cuidavam dos índios que seguiam este caminho. Algumas entrevistas gravadas em rádio do interior e até eventos e reuniões em Brasília, como a do ex-governador André Puccinelli (PMDB) falando sobre a situação no campo.

A parlamentar que é proponente da CPI, e conseguiu recolher dez assinaturas, também apresentou documentos que poderiam ligar o Cimi ao financiamento e incitação as invasões no campo. “A comunidade indígena está sendo usada, nós queremos saber o que faz este grupo com os recursos que vem de fora do país, para investir na melhor qualidade de vida dos índios”.

Ela ainda argumentou que a intenção é investigar todas estas informações, até para que sejam apuradas as denúncias apresentadas. “O Cimi e a Funai não quer o desenvolvimento dos índios e sim que eles fiquem dependente deles, com laudos próprios. Peço apenas que nos dê o direito de investigar”.

O deputado Pedro Kemp (PT) aplaudiu todo o discurso da colega, de forma irônica. “O Cimi já foi investigado pela Polícia Federal, para esclarecer o que faz, qual seu objetivo, agora estão construindo uma tese para apontar culpados, se estou presente em um evento, possa ser acusado de incentivo? A ocupação das fazendas no Estado é uma decisão dos índios”.

O petista ainda ressaltou que até o PT foi citado como “incentivador” das invasões. “Conversei com os membros do Cimi, que disseram que não tem problema de abrir a CPI, até para mostrar que não tem nada de errado, vão trazer os representantes para esclarecer toda história”.

O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB), explicou que já passou para Assessoria Jurídica da Casa de Leis, os dos requerimentos sobre a CPI, o favor e o contra, e que espera um parecer até a semana que vem.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions