A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Maio de 2019

25/04/2019 09:20

Deputados votam projeto que cria escritório estadual do Brasil Central

Estrutura já funciona na prática, mas precisa ter amparo legal, para funcionar como órgão jurídico.

Leonardo Rocha
Projeto está incluído para ser votado na sessão de hoje (Foto: Assessoria/ALMS)Projeto está incluído para ser votado na sessão de hoje (Foto: Assessoria/ALMS)

Os deputados irão votar hoje (25), durante sessão, o projeto que cria o escritório estadual do Consórcio Brasil Central, em Mato Grosso do Sul. A estrutura já existe na prática, mas precisa do amparo legal, para funcionar como órgão jurídico. Ele fica responsável por tratar das pautas e atividades relacionados ao consórcio.

A frente do escritório está Jader Rieffe Julianelli Afonso, que também ocupa neste momento, a função de secretário-executivo do consórcio. “Já começamos as atividades neste mês de abril e temos muitas pautas para tratar. Falta apenas esta adequação na legislação”, disse ele, em entrevista ao Campo Grande News.

O projeto que define as atribuições do escritório, vincula a estrutura a Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica). “Estamos no momento com quatro funcionários, no mesmo local onde funciona o escritório de representação, no bairro Jardim dos Estados”, disse Jader

Atribuições – Segundo a proposta, o escritório ficará responsável por gerenciar, acompanhar e determinar providências em relação a atividades dentro do Consórcio, assim como analisar a parte que cabe a Mato Grosso do Sul realizar neste grupo.

Também deve se responsabilizar por projetos e parcerias que estiverem dentro do Consórcio, em relação ao Estado e os demais federados, quando a presidência do grupo estiver com Mato Grosso do Sul. Também precisa cuidar do cumprimento dos prazos e articular a nomeação de representantes para compor o Conselho.

O escritório ainda vai prestar apoio e assessoria ao governador e secretários, em todas as ações e demandas do grupo político, além de manter contatos com entidades empresariais, instituições de ensino, organizações públicas e até representações estrangeiras, sobre o Brasil Central.

O Consórcio Brasil Central é formado por Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Distrito Federal, Goiás, Rondônia e Tocantins. Além da força política para tratar pautas junto a União, tem como temas prioritários: desenvolvimento econômico e social, agropecuária, infraestrutura e logística, industrialização, educação, empreendedorismo, inovação e meio ambiente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions