A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

12/03/2015 13:38

Detran promete recorrer se Assembleia aprovar decreto para suspender inspeção

Deputados pediram caráter de urgência para derrubar cobrança do serviço

Juliene Katayama

Enquanto os deputados estaduais correm contra o tempo para aprovar o decreto legislativo para suspender a inspeção veicular, apresentado pela bancada do PT, o diretor-presidente do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Gerson Claro, afirmou que vai recorrer se houver a derrubada da portaria.

“Temos de recorrer, se não já desistimos agora”, afirmou Claro. O diretor-presidente esteve reunido com os deputados para explicar as razões de manter a vistoria, que varia de R$ 103 a R$ 120, mas a reunião terminou sem convencer os parlamentares.

Os petistas apresentaram um decreto legislativo para suspender a cobrança da vistoria, na terça-feira (10), e pediram urgência na tramitação. A expectativa é do projeto entrar na pauta da próxima terça-feira (17). O líder do PT, Pedro Kemp, orienta aos motoristas que aguardem a votação para fazer a vistoria. Se aprovado o decreto, o petista acredita que o departamento vai reembolsar aqueles que já pagaram pelo serviço.




Mato Grosso do Sul, tem que ficar muito atento a este movimento que foi articulado no Governo passado no apagar das luzes. Concordo com os Deputados, pois, autorizar uma cobrança de um imposto, sem condições de oferecer o serviço a população, vai ser um escândalo. Além do que o preço informado, está extremamente inflacionado, aos parâmetro nacionais. Este assunto, tem que ser discutido pelo Governo atual com o povo (Deputados) e não imposto a população, protegendo interesses obscuros do pessoal que saiu do Governo.
 
adaojmor em 12/03/2015 17:25:01
O que falta é fiscalização de transito. A PM, AGETRAN, DETRAN e outros “TRAN” não querem trabalhar no sentido de fiscalizar e multar os infratores, então é mais fácil você levar o carro até eles para ser multado – SIMMMM multado, pois de cara você já vai pagar cento e tantos reais pela vistoria. A diferença é que fiscalizando na rua os trans só vão multar os errados e com a vistoria a PRIMEIRA MULTA é geral.
 
Alex André de Souza em 12/03/2015 14:51:08
Recorre aí então Detran.
 
Cyro Escobar Ribeiro Neto em 12/03/2015 13:48:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions