A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/10/2013 09:51

Dilma anuncia hoje recursos do PAC 2 para 44 municípios de MS

Kleber Clajus

A presidente Dilma Rousseff (PT) anuncia hoje, a partir das 11h (Horário de Brasília), investimentos da segunda etapa do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) de Saneamento e Pavimentação Urbana, no Palácio do Planalto, em Brasília. Na lista de contemplados estão 44 municípios de Mato Grosso do Sul.

Para o senador Delcídio do Amaral (PT), a conquista dos investimentos reflete o “trabalho intenso de toda a bancada de senadores e deputados que representam Mato Grosso do Sul em Brasília e também do governo do Estado”.

Além de Campo Grande, receberão recursos do PAC 2 os municípios de Alcinópolis, Amambai, Anaurilândia, Antonio João, Bataguassu, Japorã, Itaquiraí, Caarapó, Rio Verde, Caracol, Bonito, Rio Negro, Pedro Gomes, Corguinho, Sidrolândia, Eldorado, Juti, Dois Irmãos do Buriti, Três Lagoas, Coronel Sapucaia, Dourados, Jateí, Paranaíba, Nioaque, Mundo Novo, Paraíso das Águas, Guia Lopes da Laguna, Brasilândia, Ribas do Rio Pardo, Bodoquena, Ponta Porã, Chapadão do Sul, Camapuã, Jardim, Corumbá, Tacuru, Aparecida do Taboado, Água Clara, Costa Rica, Itaporã, Sonora, Ivinhema e Nova Alvorada do Sul.

O PAC 2 é desenvolvido pelo Ministério das Cidades, que financia a execução de obras de asfaltamento, drenagem, implantação de redes de abastecimento de água e coleta de esgoto, construção de passeios com acessibilidade, ciclovias, medidas de moderação de tráfego e sinalização viária.

De acordo com as regras do programa, as prefeituras têm prazo de 90 dias para ajustar, junto à Caixa Econômica Federal, a meta original ao valor do financiamento aprovado, mantendo o escopo do objeto proposto na Carta-Consulta original. Os municípios ainda devem ser informados oficialmente pelo Ministério das Cidades sobre o valor exato do recurso a ser liberado.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


ROCHEDO COMO SEMPRE.?????????????????NADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
 
LUIZA PEREIRA RUMEU em 24/10/2013 11:21:54
não é interesse partidario não, é compentencia dos prefeitos
 
nei santos em 24/10/2013 11:08:43
Pena que municípios como Aquidauana e Anastácio tenham ficado de fora. Será que as cidades foram contempladas por necessidade ou para atender interesse partidário?
 
marcus dutra em 24/10/2013 10:09:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions