A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

07/11/2013 15:08

Eleição do PT na Capital repete “rixa histórica” entre Delcídio e Zeca

Leonardo Rocha
Gildo e professora Elza disputam comando do PT em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)Gildo e professora Elza disputam comando do PT em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio)

A eleição municipal do PT em Campo Grande repete uma antiga “rixa” entre o senador Delcídio do Amaral e o ex-governador e atual vereador Zeca do PT. O atual presidente, Gildo de Oliveira, irá buscar a reeleição e conta com o apoio de Delcídio. Já a sua adversária, Elza Jorge, tem o ex-governador como principal cabo eleitoral.

Esta disputa ficou evidenciada por duas visões diferentes sobre como o PT deve seguir nos próximos anos. Elza Jorge, da chapa Resistência e Luta, defende uma volta às origens do PT, com a retomada de lutas e bandeiras ideológicas que estão sendo esquecidas pelo partido.

“Quando se chega ao poder, se esquece do que se defendia antes, temos que valorizar as questões que nos fizeram fundar o partido, tem gente que só entrou no PT porque ele estava no comando, não tem identidade alguma com a ideologia”, destacou ela.

Elza também defende um diretório independente e autônomo, sem influência das lideranças que exercem cargo no poder público. “O diretório precisa direcionar a política dos nossos governantes e não apenas acatar ordens ou ser subordinado”, salientou.

A candidata se filiou ao partido em 1989 e foi presidente regional do PT de 1999 a 2001. Ela ainda esteve à frente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul). “Nós precisamos corrigir o rumo, tornar o PT um partido mais puro e comprometido com sua história de 33 anos”.

Prioridade em 2014 – O candidato a reeleição, Gildo de Oliveira, destacou que seu principal objetivo é trazer a militância do PT para ter uma atuação mais forte na eleição de 2014, onde o partido irá tentar voltar ao governo estadual com o senador Delcídio.

“Nosso foco é organizar o partido e nos preparar para eleição de 2014 e depois 2016, já que quando estamos unidos conseguimos fazer a diferença”, destacou ele.

Gildo ponderou que está no PT desde 1986 e que possui um ótimo “trânsito” em todas as correntes internas. “Converso com todos e tenho acesso a diferentes grupos do PT, um presidente precisa ter este caráter agregador”.

Apoio – Além de Delcídio e Zeca, outras lideranças petistas já apontaram seus respectivos candidatos e estão em campanha para ajudá-los nesta reta final. Gildo de Oliveira garante contar com o apoio do ex-deputado federal João Grandão, Amarildo Cruz, Pedro Teruel, Thais Helena e a CNB (Construindo um Novo Brasil).

“Apesar de ter ser da corrente EPS (Esquerda Popular Socialista), tenho o apoio da maioria dos integrantes da CNB, tenho confiança que vou vencer este pleito eleitoral”, destacou.

Já Elza Jorge conta com os deputados federais Vander Loubet, Antonio Carlos Biffi, os estaduais – Cabo Almi e Laerte Tetila – além de Zeca do PT. “Nos últimos 15 dias consegui o apoio do Zeca e posso dizer que será uma eleição disputada”. 

Ainda tem o que entregar sobre Michel Temer em delação, diz Funaro
O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro, preso na Papuda, em Brasília, disse nesta quarta (16) que "ainda tem" o que entregar sobre o presidente M...
Sem consenso, Câmara adia votação da reforma política
Sem consenso e diante de muita polêmica, o plenário da Câmara dos Deputados adiou na noite desta quarta-feira (16) a votação do texto-base de parte d...



Nem sou petista... mas prefiro o delcidio.
 
Frank William em 08/11/2013 07:48:19
é por isso que sou militante do PT,o único partido que é democrático, que faz a diferença em nosso país,na qual vc tem o direito de escolher aquele melhor preparado para conduzir o partido,por isso eu voto Gildo.
 
Osvaldo willian da silva em 08/11/2013 00:22:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions