A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/06/2013 10:12

Em 5 meses, Câmara acumulou 300 solicitações sem resposta de Bernal

Ângela Kempfer e Luciana Brazil

O desprezo da prefeitura de Campo Grande em relação às solicitações feitas pelos vereadores provoca reação na Câmara Municipal. A Procuradoria Jurídica da casa começou levantamento sobre a quantidade de requerimentos com pedidos de informações e indicações que até hoje estão sem resposta de Alcides Bernal.

Um estudo preliminar já indica que, pelo menos, 300 solicitações não foram atendidas. São questionamentos que, pela regra, devem ser respondidos em no máximo 30 dias.

Na lista de pedidos sem resposta está, por exemplo, um requerimento apresentado em março pelo vereador Elizeu Dionízio, solicitando ao prefeito Alcides Bernal informações sobre a nova contratada para realização dos serviços de limpeza das unidades de saúde de Campo Grande, a Mega Serv.

A empresa de pequeno porte, com capital de R$ 600 mil, abocanhou contrato de R$ 4 milhões. Nesse tipo de negociação, a vencedora deve ter faturamento igual ou superior ao montante pago pela prefeitura.

Na ocasião, o vereador apresentou 3 perguntas: Por que a contratação de uma empresa de outro município, e não da Capital? Cópia do contrato, bem como valores pagos à empresa? Qual o motivo do rompimento Total Serviços Gerais de Limpeza?

Além de demorar 3 meses para apresentar alguma justificativa, resposta da prefeitura chegou hoje, sem os esclarecimentos solicitados.

Boa parte dos requerimentos cobra informações sobre contratos duvidosos e tenta reunir dados sobre denúncias enviadas à Câmara contra a prefeitura.

O mesmo ocorreu antes da instalação da CPI do Calote. Os vereadores pediram cópias de contratos e documentação referentes aos pagamentos, mas o prefeito só repassou uma folha, com 4 linhas e a explicação simples: “Todos os contratos empenhos e respectivos pagamentos foram feitos com estrita observância da lei”

O mesmo ocorre com indicações. Vereadores encaminham pedidos feitos pela comunidade, como tapa buracos, limpeza, mas também não têm resposta.

O estudo da procuradoria será encaminhado à Comissão de Eficácia Legislativa e o presidente Elizeu Dionízio diz que pode chegar ao MPE. “Há requerimentos que venceram em março e até hoje não foram respondidos. Vamos encaminhar o levantamento ao Ministério Público e isso pode caracterizar improbidade administrativa e provocar o afastamento de secretários”.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


eu sugiro ao CG News fazer um comparativo dos anos anteriores

Quantos requerimentos foram apresentados pelos vereadores à prefeitura??

A resposta é interessante, em 2011 foram 31, será que esse é o menor ou maior números dos 4 últimos anos???
 
maria antunes p. Colane em 06/06/2013 18:00:32
Olha, quem quiser pode falar, criticar o Bernal, mas todos, inclusive àqueles que são contra, podem dizer com certeza: O HOMEM É CORAJOSO. Sozinho ele entrou na luta e ganhou as eleições. Só, batalha contra a maioria absoluta da Câmara, da Assembléia Legislativa, do Governo do Estado... De fato, o cara têm culhão!
 
luciano correia em 06/06/2013 17:21:21
Sr. Prefeito, gostaria de saber porque médico não cumpre horário nos Postos de Saúde?
 
Charles Luiz de Carvalho em 06/06/2013 16:36:26
Adoro ver essas reportagem, afinal foi os Campo Grandense que colocaram ele lá, agora aguenta Campo Grande.... :)
 
Suelen Paiva em 06/06/2013 16:07:39
Esse Bernal me parece um ditador.
 
Ricardo Schell em 06/06/2013 15:36:46
é esses vereadores vão ter que engolir o bernal, não adianta ficar querendo derrubar ele velho tem que trabalhar pelas pessoas elaborando projetos que vizam melhorar a coletividade.
 
alex machado em 06/06/2013 15:32:49
Realmente Bernal já era muito esperado tudo isso, nem uma rádio vc soube administrar imagina uma cidade.
 
KARLLA BORASCHI em 06/06/2013 15:10:29
Isso só demonstra o desprezo dele para com o eleitor Campo Grandense, não com a Câmara Municipal, não acredito que quem foi Vereador e depois Deputado Estadual antes de ser Prefeito, teria tanto desprezo/descaso pela casa de Leis à qual ele pertenceu. A Câmara como órgão fiscalizador está certíssima, tem mesmo que responsabilizá-lo e até cassá-lo, para que ele e outros aprendam a respeitar os votos recebidos. Ele não é o dono da Prefeitura, simplesmente " está " Prefeito !!!!
 
washington antenor de souza junior em 06/06/2013 13:51:21
E agora eu pergunto....E O BERNAL???????
 
Jose Rossini em 06/06/2013 13:29:38
Coitado, ele não tinha tempo para responder e os seus Secretariados não tem autonomia e pois o Facebook tomava todo o seu tempo.Ne ?
 
Vera Lucia Dias em 06/06/2013 12:06:36
Continua a pregrinação aos postos de saúde, não tem medicamentos, infelizmente temos que arcar com as consequências......
 
Miriam Braga em 06/06/2013 11:55:30
Ou seja, fora as solicitações atendidas, à Câmara Municipal fez duas solicitações para cada dia de governo.
Se for considerar apenas os dias úteis então (média de 22 por mês), são 2,72 solicitações por dia.
Não sei se isso é normal, mas pelo menos eu me espantei com o número.
 
Gustavo Lopes em 06/06/2013 11:33:49
JÁ TA MAIS QUE COMPROVADO A BATALHA QUE BERNAL CRAVOU CONTRA A OPOSIÇÃO,E NEM ADIANTA FALAR QUE ISSO É PERSEGUIÇÃO DA MESMA... CLARO QUE O PENSAMENTO DE BERNAL É ANIQUILAR A OPOSIÇÃO, ATE PORQUE ELE ACABOU DE ASSUMIR, NÃO IA SEGUIR A CARTILHA DO SEUS OPOSTOS, MESMO QUE POR ISSO ELE ANDE NA CONTRAMÃO!
 
RAFAEL ALVES em 06/06/2013 11:08:35
E Bernal, ce tá perdidinho hem???
 
zikael reis em 06/06/2013 10:51:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions