A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/11/2014 16:24

Em Brasília, Reinaldo encaminha substituição de pontes de madeira junto à Sudeco

Ludyney Moura
Reinaldo se encontrou com superintendente da Sudeco e o senador Figueiró, hoje em Brasília (Foto: Divulgação/ Alexssandro Loyola)Reinaldo se encontrou com superintendente da Sudeco e o senador Figueiró, hoje em Brasília (Foto: Divulgação/ Alexssandro Loyola)

Depois de se encontrar com o atual governador, André Puccinelli (PMDB), e definiram a equipe de transição, o governador eleito, Reinaldo Azambuja (PSDB), cumpre agenda em Brasília hoje (4) e amanhã (5). Nesta terça-feira o tucano se reuniu com o senador Ruben Figueiró (PSDB) e com o superintendente da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), Cleber Ávila.

“Debatemos projetos de infraestrutura que ajudarão no desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Um deles é o programa de substituição de pontes de madeira por estruturas de concreto, que deve iniciar já em 2015”, disse Reinaldo sobre o encontro.

Durante a reunião, Cleber Ávila se comprometeu a incluir no cronograma de sua pasta a troca das pontes. Um levantamento feito pelo gabinete do senador Figueiró, mostrou que em todo o Estado há cerca de 1,5 pontes ruais que poderiam ser substituída pelas de concreto.

Solicitações - Entre as pautas discutidas pelos tucanos, está a recuperação do Rio Taquari, a implantação de uma usina separadora de gás em Mato Grosso do Sul para aproveitar o potencial do gás que vem da Bolívia, atenção aos assentamentos ruais, política fundiária e a questão indígena. 

Ruben Figueiró, que deixa o cargo ao final da legislatura, ainda cobrou do colega empenho junto ao Governo Federal para implantação da chamada Rota Bioceânica, que vai permitir interligar os oceanos Atlântico ao Pacífico, e encurtar em cerca de oito mil quilômetros o percursos até o mercado asiático daquilo que é produzido no país. "Aliás, o governador eleito é um dos entusiastas da ideia”, finalizou o senador.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions