A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/08/2014 19:56

Em dia de estreia, Delcídio se defende de denúncias e ganha elogios de colegas

Lidiane Kober

Em dia de estreia na propaganda eleitoral gratuita, o senador Delcídio do Amaral, candidato a governador pelo PT, aproveitou para se defender de denúncias e rejeitou com veemência qualquer dúvida sobre seu caráter. Ele usou depoimentos de parlamentares para reforçar as afirmações e evitou ligações partidárias.

O petista foi duro e acusou “invenções, mentiras e calúnias” por parte de adversários para ligá-lo a denúncias de corrupção na Petrobras. “Seis anos depois de trabalhar lá, me envolvem em supostas irregularidades”, disse. “A falta de caráter chega a manipulação de gravações”, completou.

Para Delcídio, a população o conhece e sabe que seu “maior patrimônio é a conduta ética”. “Não admito que ninguém, ninguém coloque em dúvida meu caráter”, afirmou.

Para reforçar a afirmação, o candidato destacou sua atuação na condução da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigou mensalão no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Foi uma conduta confiável”, disse o deputado federal Osmar Serraglio. Os elogios foram repetidos e reforçados pelo também deputado federal Gustavo Fruets e pelos senadores Francisco Dorneles e Ana Amélia Lemos.

No final, o candidato evitou ligações com partidos ao classificar-se como “Delcídio de Mato Grosso do Sul”. Ele foi o único que não reprisou o programa de estreia, veiculado no início da tarde.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions