A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/04/2016 18:21

Em protesto, grupo pressiona deputado do PDT a votar pró-impeachment

Thiago de Souza
Cartaz deixado em frente ao diretório do PDT pede voto a favor do impeachment. (Foto: Thiago de Souza)Cartaz deixado em frente ao diretório do PDT pede voto a favor do impeachment. (Foto: Thiago de Souza)
Manifestantes pedem que Dagoberto Nogueira vote a favor do impeachment. (Foto: Thiago de Souza)Manifestantes pedem que Dagoberto Nogueira vote a favor do impeachment. (Foto: Thiago de Souza)

Um grupo de 20 integrantes, do Movimento Reaja Brasil, fizeram um protesto contra o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT), na final da tarde desta quinta-feira (14). Eles pedem que o parlamentar vote a favor da abertura do processo de impeachment, no próximo domingo (17). 

Nogueira, que se mostrava indeciso, informou que vai seguir a determinação do partido e votar contra o impedimento de Dilma Rousseff.

Primeiro, membros do Reaja Brasil foram até o diretório regional da legenda, que fica na Rua Abrão Julio Rahe, no Bairro Santa Fé. Lá eles fixaram uma faixa que dizia “Dagoberto seu mandato é do MS. Vote Conosco!”. Em seguida, com mais faixas e cartazes, o grupo permaneceu por 40 minutos na esquina da Rua Itiquira com a Avenida Mato Grosso, também no Santa Fé.

“Mandamos um recado bem amigável para ele”, disse o radialista Joacir Moreira, mais conhecido como “Cachopa”.

O radialista crê que Dagoberto vá mudar o voto dele, em função dos cargos públicos nos quais há aliados dele no Estado pela cota do PDT, partido aliado do Governo Dilma Rousseff. “Mesmo apoiando a presidente, eles [PT] tiraram os cargos dele aqui no Estado, e ele não gostou disso. Acho que na hora ele vai mudar”, estimou.

Uma integrante do movimento, que não quis se identificar, disse que o melhor para o deputado é votar a favor do impeachment. “A representatividade dele está nula. Ele está desrespeitando o eleitorado dele. Como ele vai ficar depois que a Dilma cair”, questionou.

O grupo informou que este foi o último protesto específico contra o deputado, pois o momento da votação do impeachment está próximo.

Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions