A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

14/03/2014 12:43

Em reunião com ACP, Bernal diz que foi vítima de um “golpe orquestrado”

Bruno Chaves e Leonardo Rocha
Bernal revelou que recebeu apoio de diversos segmentos da sociedade (Foto: Cleber Gellio)Bernal revelou que recebeu apoio de diversos segmentos da sociedade (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito cassado de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), se reuniu com integrantes da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública), nesta sexta-feira (14), para agradecer o apoio dos professores, que são contra a decisão da Câmara Municipal. Durante o encontro, o ex-prefeito disse que sofreu um “golpe orquestrado”.

Bernal revelou que recebeu um manifesto dos professores contra a decisão dos vereadores e que por essa razão foi à ACP. Ele reconheceu o apoio do sindicato da Educação e disse que outros segmentos da sociedade também estão o apoiando nesse momento.

O prefeito cassado foi questionado sobre uma possível participação em uma manifestação contra a decisão do Legislativo Municipal, marcada para amanhã (15), na Praça do Rádio, mas resumiu sua resposta em um “talvez”.

Ele reforçou a informação de que vai entrar na Justiça para reverter a decisão da cassação de mandato. “Vou continuar tentando reverter. Isso se trata de um golpe político contra mim e contra a democracia”, reafirmou.

Golpe Orquestrado – Sobre o apoio dos 23 vereadores ao prefeito empossado Gilmar Olarte (PP), Bernal afirma que essa adesão “demonstra claramente que houve um golpe orquestrado”.

“Mas essa não foi uma traição apenas comigo, foi uma traição com toda a população de Campo Grande”, emendou lembrando que o registro fotográfico em que Olarte aparece abraçado aos 23 vereadores, ambos em frente a prefeitura, “demonstra que houve golpe”.




Ser apoiado por um número pequenos de profissionais da educação ou por pequenas parcelas de outros seguimentos não significa nada sobre nada. Bernal foi sim eleito pelo voto popular. Infelizmente também votei nele, e me arrependo profundamente. Duvido que se algum instituto de pesquisa que seja sério, coletar a opinião do povo campo-grandense sobre a cassação dele, que o resultado não reflita o que fizeram os 23 vereadores. Não nos esqueçamos que o ex presidente Fernando Collor também foi muito bem votado à época, contudo, aprontou e foi tirado. Bernal infelizmente não teve competência, inteligencia e humildade suficiente para gerenciar as diferenças. Os prejuízos para nossa capital morena foram muitos: tudo parado.
 
Luis Fernando Ferreira da Silva em 14/03/2014 20:36:57
A única orquestra no caso é a sua incapacidade de governar. Incompetente. Em 32 anos que moro nessa cidade nunca vi ou ouvi falar de tamanha falta de respeito por parte de um prefeito. Queria saber o que as pessoas que te elegeram têm na cabeça. Bom, nem irei comentar o que eu acho para não gerar mais discórdia.
 
Rodrigo Honório em 14/03/2014 19:02:42
Posso dizer o mesmo do cidadão Bernal."Golpe orquestrado" Logo pela manhã de domingo ja estava certo que votaria em Bernal p ser nosso prefeito, pois achava que nossa comunidade viveria dias melhores.Passados dois anos, nao nos mostrou a que veio. Só brigas politicas, enganações(dna Dina), Ratinho e preparando defesas...Nem a Julio de Castilho teve a competência de consertar. Agora é tarde pra visitar Sindicatos, dizer isso ou aquilo, sem nexo pra se manter em evidencia.Se ao menos tivesse demonstrado trabalho e benfeitorias o povo estaria ao seu lado, mas preferiu dar satisfações a outra corja de políticos: vereadores. Onde foi julgado e condenado por pelo menos três "vereadores" cassados.Resta agora ao sr Bernal, como nós,assistir a tudo d boca fechada e não poder fazer nada.
 
Samuel Gomes em 14/03/2014 15:33:18
Não desiste! Se a população te apoia vai em frente. Não foi só uma traição contra você, mas um golpe na democracia.
 
Valquiria Santos em 14/03/2014 13:15:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions