A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

31/01/2011 23:19

Empossado presidente da Assomasul, Krug quer evitar perda de recursos

João Humberto e Danúbia Burema
Prefeito de Terenos, Beto Pereira entrega placa de posse ao novo presidente da Assomasul, Jocelino Krug, que é prefeito de Chapadão. (Foto: João Garrigó).Prefeito de Terenos, Beto Pereira entrega placa de posse ao novo presidente da Assomasul, Jocelino Krug, que é prefeito de Chapadão. (Foto: João Garrigó).

Empossado presidente da Assomasul (Associação de Municípios de Mato Grosso do Sul) nesta noite, no Yotedy, em Campo Grande, o prefeito de Chapadão do Sul, Jocelito Krug (PMDB), firmou compromisso perante aos prefeitos presentes de viabilizar assessorias que ajudem as cidades a não perder recursos de Brasília (DF).

Sobre os desafios da nova missão, Krug frisou que pretende dar continuidade ao trabalho do ex-presidente Beto Pereira, que é prefeito de Terenos. Um dos próximos desafios do novo presidente da Assomasul será levar grande número de prefeitos do estado à Marca dos Prefeitos, que acontece em março em Brasília, visando forçar o governo federal a liberar investimentos para as cidades.

Para Krug, as questões indígenas ficaram pendentes no mandato passado e devem ser conversadas com os prefeitos. A partir de amanhã ele estipulará reuniões com a diretoria da Assomasul para decidir pontos fundamentais que abrangem o problema dos conflitos de terras envolvendo os índios.

Percorrendo quase todas as prefeituras do estado, Jocelito tomou conhecimento de vários problemas que afetam Mato Grosso do Sul. Porém, antes mesmo da posse, Krug e outros prefeitos conseguiram a garantia do governador André Puccinelli (PMDB) de aumento para a manutenção do transporte escolar neste ano.

Por meio do acordo, o convênio a ser assinado entre Assomasul e a SED (Secretaria de Estado de Educação) será de R$ 79 para as linhas mistas e R$ 139 para as puras, o que significa aumento de 10% e 15%. No passado, segundo a associação, cada aluno que as prefeituras transportavam custava R$ 72,60 (linhas mistas) e R$ 121 (linhas puras), totalizando um repasse de R$ 26,855 milhões durante o ano letivo.

Viabilizar assessorias que ajudem as cidades a não perder recursos de Brasília é a prioridade do mandato de Krug. Ele revelou que há municípios que perdem dinheiro por falta de documentos. Para amenizar a situação, o presidente da Assomasul quer se reunir com prefeitos que estrearam mandatos na tentativa de orientá-los a como proceder.

Na solenidade de posse de Krug, o governador André Puccinelli chamou a atenção dos prefeitos presentes para a municipalização. “É necessário um trabalho em conjunto do governo com as cidades. Se o cidadão estiver satisfeito, o governador estará satisfeito”.

O presidente da CNM (Confederação Nacional dos Municípios), Paulo Roberto Ziulkoski, a vice-governadora Simone Tebet (PMDB), o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), além de deputados, vereadores e vários prefeitos do interior, marcaram presença na solenidade, que foi abrilhantada por apresentação do Coral das Meninas Cantoras de Porto Murtinho.



PARABENS MEU AMIGO KRUG VOCE MERESE ASS CAÇULA DE PARANAIBA MS
 
ADRIANO CAÇULA em 01/02/2011 08:31:09
eu quero parabenizar meu amigo grande amigo krug por este momento em que todos nos de cassilandia tambem nos sentimos muito orgulhoso por tyer mais um filho inlustre no comondo de mais um cargo de grande relevansia para a politica de mato grosso do sul
 
carlos alberto cabral da silva em 01/02/2011 01:10:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions