A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

22/02/2018 10:23

Entidades cobram R$ 6 milhões em emendas parlamentares na Câmara

Uma reunião, às 15 horas de hoje, deve detalhar o motivo do atraso aos representantes

Mayara Bueno e Danielle Valentim
Vereador Chiquinho Telles com a responsável por uma das entidades, Sueli Gomes. (Foto: Danielle Valentim).Vereador Chiquinho Telles com a responsável por uma das entidades, Sueli Gomes. (Foto: Danielle Valentim).

Representantes de 79 entidades voltadas à assistência social participam da sessão desta quinta-feira (22), na Câmara Municipal de Campo Grande, para cobrar repasses atrasados e verbas de emendas parlamentares.

De acordo com a representante de uma das associações, Sueli Gomes, estima-se que o montante atrasado chegue a R$ 6 milhões, isso só referente às emendas. O dinheiro já teria sido liberado, mas ainda não foi repassado às entidades.

Eles aguardam desde outubro passado a liberação das emendas e o repasse mensal está atrasado desde janeiro de 2018.

Silvano Ferreira, coordenador do projeto Segunda Casa, que atende pelo menos 30 crianças vítimas de violência sexual, a verba ajuda na alimentação e estrutura do projeto. "Esses recursos, além de ajudar na alimentação, são recursos para estrutura e não tem como deixar de receber".

De acordo com o líder do prefeito, vereador Francisco Almeida Teles (PSD), as entidades vão se reunir com o secretário de Finanças da prefeitura, Pedro Pedrossian Neto, às 15 horas de hoje.

Chiquinho disse desconhecer o motivo do atraso. “Há alguma entidade que falta apresentar documentações. Temos de ver com a Sas [Secretaria de Assistência Social] o que mudou. Não sabemos o que está impossibilitando o pagamento, mas hoje vamos ver com o secretário. Nós temos R$ 80 mil para a saúde e R$ 80 mil para a assistência social, o da saúde já foi pago”.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions