A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/05/2016 09:15

Ex-adjunto de Segurança Pública será o novo coordenador do Gaeco

Atual chefe, promotor Marcos Alex, deixará o cargo na semana que vem

Mayara Bueno
Procurador de Justiça Helton Fonseca Bernardes. (Foto: Divulgação MPE).Procurador de Justiça Helton Fonseca Bernardes. (Foto: Divulgação MPE).

Helton Fonseca Bernardes deve assumir a coordenação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), braço do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), em substituição do atual chefe, Marcos Alex Vera de Oliveira, que deixa o cargo para se tornar secretário-geral da instituição.

A nomeação do novo coordenador, no entanto, deve acontecer somente semana que vem, quando Paulo dos Passos, eleito novo procurador-geral do MPE, estará empossado. A oficialização dele no cargo acontece na sexta-feira (6).

No Diário Oficial do Ministério Público, publicado nesta segunda-feira (2), há uma portaria que nomeia Marcos Alex como secretário, mas sem prejuízo de suas funções como coordenador do Gaeco. A mudança na direção ocorrerá só semana que vem.

Já o novo coordenador é o ex-secretário-adjunto de Segurança Pública do Estado. Helton precisou deixar o cargo no Executivo Estadual em virtude da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que impediu membros do Ministério Público de ocupar cargos no Poder Executivo. A mesma situação aconteceu com Silvio Cesar Maluf, também procurador de Justiça, que ocupava a função de secretário estadual.

A saída de Marcos Alex já havia sido anunciada no fim do ano passado, em meio a rumores de que ele sairia do cargo imediatamente. A chefia do MPE, no entanto, afirmou que o coordenador só deixaria o comando do Gaeco com a finalização dos trabalhos da Coffee Break, que, por sua vez, investiga se houve esquema de compra de votos na cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), em 2014.

Histórico – Helton Fonseca entrou no MPE por meio do XI Concurso Público do Estado para ingresso na carreira do Ministério Público, em 1992. Foi titular da Promotoria de Justiça da comarca de Bela Vista no período de 1992 a 1993. No dia 26 de maio de 1993 foi promovido por merecimento para a primeira entrância, sendo designado para atuar na comarca de Corumbá, onde permaneceu até 1996.

Em 30 de outubro de 1998 foi promovido para a entrância especial, sendo designado para atuar na Comarca de Dourados. Foi removido, a pedido, para a comarca de Campo Grande, em 24 de outubro de 2002, onde permaneceu até a presente data. Professor universitário por mais de dez anos, tendo lecionado na UFMS, Unigran, Uniderp e Unaes.

Em 2014, Helton foi empossado como procurador de Justiça ao assumir a vaga deixada com a aposentadoria da procuradora Irone Alves Ribeiro Barbosa, segundo informações do site do Ministério Público.

Passagem pelo Gaeco rende cargo burocrático a promotor
Acomodação – Polêmica passagem pela chefia do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), onde comandou, por exemplo, a Operaçã...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


Vai afundar o GAECO... não fez nada na secretaria!
 
TOYOSHI SATO em 02/05/2016 14:35:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions