A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

16/10/2013 11:32

Favoráveis a Bernal vão entrar na Justiça para anular Comissão Processante

Graziela Rezende e Kleber Clajus

Líder do prefeito na Câmara Municipal, Marcos Alex (PT), garantiu, durante sessão comunitária realizada nesta quarta-feira (16), que será “judicializada” a aprovação da comissão processante, que irá investigar possíveis atos e fraudes na gestão de Alcides Bernal (PP). O argumento para o pedido de anulação será a participação do presidente da Câmara, que não deveria ter votado, no entendimento do vereador.

“Já sabíamos que iria ser aprovada a Comissão Processante. É uma lenda acreditar que vão investigar o prefeito. Na verdade, eles querem é cassá-lo. Vamos fazer um pedido na Justiça e utilizar como base o decreto 201, que não permite o voto do presidente da Casa das Leis, no caso Mário César (PMDB)”, afirma o Alex.

O pedido qualificará tal voto como sendo ilegal. “Vamos disputar palmo a palmo a preservação do mandato. A comissão processante é apenas para fazer política e desgastar a imagem do prefeito”, avalia o parlamentar.

Sobre o comentário do senador Delcídio do Amaral (PT), que se manifestou sobre a abertura da comissão dizendo que “a história é implacável com quem dorme no ponto”, Alex ressaltou que o “PT está com Alcides Bernal, porém o partido vai se reunir para discutir a relação política”.

Entre as pautas de discussões, conforme o vereador, estará a criação do conselho político pelo prefeito e ainda a nomeação dos secretário de governo, bem como os responsáveis pela pasta da mulher e da juventude.




Tudo bem, desconsidera o voto do presidente ainda continua 20 x 8.

Bernal, volta lá pro Refazendas, lugar de onde vc nunca deveria ter saído!
 
Afonso Netho em 16/10/2013 12:01:38
TEM QUE CASSAR TAMBÉM ESSES FAVORÁVEIS., ELES TÊM QUE SER FAVORÁVEIS AO POVO E NÃO A POLÍTICO QUE NÃO MOSTROU A QUE VEIO.
 
luiz carlos soares em 16/10/2013 11:42:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions