A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

16/10/2013 15:09

Fragilizado, Alcides Bernal evita “rota de colisão” com Delcídio

Zemil Rocha e Aline dos Santos
Bernal revelou descrença quanto à crítica de Delcídio a ele via Facebook (Foto: Cleber Gellio)Bernal revelou descrença quanto à crítica de Delcídio a ele via Facebook (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), evitou nesta quarta-feira (16) comentar a critica do senador Delcídio do Amaral, postada no Facebook, e evidentemente dirigida a ele. “Não vou entrar em rota com colisão, estamos na rota da coalizão, quero fazer um governo de coalizão. O Partido dos Trabalhadores, que é o partido do senador Delcídio ocupa duas importantes pastas, assistência social e secretaria de infraestrutura. Nós fazemos parte da base de sustentação do governo da presidente Dilma Roussef, nós temos o Ministério das Cidades”, afirmou o progressista.

Via Facebook, Delcídio se manifestou sobre o inédito fato político criado ontem pela Câmara de Campo Grande: “A história é implacável com quem dorme no ponto. Não foi por falta de aviso”. O teor dessa postagem na rede social é o mesmo que Delcídio já tinha exposto diversas vezes em entrevistas à imprensa, alertando o prefeito sobre o auto-isolamento político.

Para fugir dos questionamentos da imprensa, até porque está fragilizado diante do risco real de cassação, Bernal optou por demonstrar descrença de que a postagem de Delcídio tenha se referido a ele. “A relação com o Partido dos Trabalhadores que eu vejo, do ponto de vista republicano e político, é muito positiva. Por isso, não quero acreditar que essa fala, que estão dizendo que ele (Delcídio do Amaral) postou, seja dirigida a mim, ao nosso governo. Até porque não convém ao político se colocar contra o povo. Ele deve estar do lado do povo e o povo não aceita golpe político. Não acredito que o Delcídio tenha escrito isso se dirigindo a mim”, declarou o prefeito.

A seguir Bernal passou a lançar questionamentos. “Ele colocou meu nome na matéria?”, perguntou aos jornalistas. “Ai já é uma ilação, exercício de raciocínio”, respondeu em seguida. Para ele, só Delcídio poderia dizer a quem se referiu na postagem, apesar de ser evidente.

Voltou, então, a citar dados sobre a aliança nacional do PP com o PT, querendo com isso demonstrar que Delcídio não teria condições políticas de criticá-lo. “Sou firme defensor da candidatura da presidente Dilma Rousseff, o PP conta com 45 deputados federais, cinco senadores, tem duas importantes capitais sob a sua gestão”, enumerou. E concluiu: “Construímos nossas alianças com aliados firmes, fortes e verdadeiros, seguros no propósito, não aliados ocasionais”.

 




vai com fe prefeito deus estar do seu lado
 
angela santana dos santo em 10/01/2014 00:53:38
É ele disse sim e vai repetir se precisar, por que antes o Prefeito bem votado seria uma alavanca para sua campanha como governador, agora o bernal é visto pelo senador como uma âncora "bem pesada" e sabe que vão usar o erro do bernal para criticá-lo e com razão...ainda mais agora que o senador esta pulando fora se fazendo de "eu disse pra ele...", fica a sensação que o senador só usou o progressista mas deu um tiro no próprio pé apoiando um prefeito a beira do caos, este delcídio é um belo de um espertalhão sem noção.
 
aureliano sousa em 18/10/2013 14:17:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions