A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/12/2015 13:26

Frente Popular irá definir mobilizações contra impeachment da Dilma

Leonardo Rocha
Frente Popular se reúne hoje para definir calendário de ações contra impeachment (Foto: Antônio Marques)Frente Popular se reúne hoje para definir calendário de ações contra impeachment (Foto: Antônio Marques)

A Frente Brasil Popular que reúne movimentos sociais e partidos de esquerda realiza nesta segunda-feira (07), a partir das 18h, um encontro para definir o cronograma de ações contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). A intenção é promover atividades e mobilizações nas ruas da Capital e interior.

Esta reunião vai acontecer na sede da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de MS). "Nós vamos debater como vai ser nosso cronograma de ações contra o impeachment, com um calendário de mobilizações nas ruas, tendo a presença de vários partidos e movimentos sociais", disse o presidente estadual do PT, Antônio Carlos Biffi.

A plenária de hoje tem como temas a "Defesa da democracia", contra o golpe e o  "Fora Cunha", citando o presidente da Câmara, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que aceitou o processo de impeachment contra a presidente.

"Não podemos deixar que o projeto construído nos últimos 13 anos vire pó, a sociedade precisa saber que os militantes de esquerda estão de novo na luta", disse Biffi, ao convocar a reunião.

O presidente regional da CUT (Central Única do Trabalhador), Genilson Duarte, disse que encontro vai ser importante para definir a estratégia de atuação. "Haverá mobilizações no Brasil inteiro e aqui não será diferente, vamos defender a democracia, contra o golpe e mostrar a população que não existe nenhum crime da presidente", disse ele.

Já o presidente da Fetems, Roberto Botarelli, ressaltou que a intenção é defender aqueles que votaram na presidente Dilma (Rousseff), já que não existe nenhum indício de envolvimento dela em algo ilegal. "Está acontecendo o processo inverso, já que Eduardo Cunha com conta no exterior é quem deveria ser afastado do seu cargo e não o contrário".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions