ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  22    CAMPO GRANDE 21º

Política

Giroto diz que respeita Siufi e compreende suas reclamações

Por Wendell Reis e Fabiano Arruda | 24/02/2012 08:44
Deputado acredita que anúncio do escolhido do grupo não será adiado (Foto: Wendell Reis)
Deputado acredita que anúncio do escolhido do grupo não será adiado (Foto: Wendell Reis)

O deputado federal Edson Giroto (PMDB) afirmou ao Campo Grande News que não ficou chateado e até entende as críticas de Paulo Siufi (PMDB) as declarações de preferência dentro do partido. Giroto disse que ficou sabendo das reclamações por meio da imprensa. Porém, avalia que Siufi tem os mesmos direitos dele e do deputado federal Luiz Henrique Mandetta, que concorrem para ser o escolhido do grupo do governador André Puccinelli (PMDB) e do prefeito de Campo Grande, Nelson Trad (PMDB).

Giroto garantiu que da sua parte não há nenhum comportamento de falta de respeito e alega que a prova disso é que Siufi é médico de sua filha. “Não existe da minha parte nenhum comportamento de falta de respeito. É meu amigo e médico da minha filha. As reclamações são com razão e sei respeitá-las, como amigo e companheiro”.

O deputado Edson Giroto acredita que a definição sobre o nome do candidato deve sair na primeira quinzena de março. Segundo o deputado, há uma garantia de que o Ibope apresentará o resultado entre os dias 27 de fevereiro e 2 de março.

Diferente de Siufi, que acredita na possibilidade do anúncio ser adiado, caso os três concorrentes estejam próximos nas pesquisas, Giroto avalia que esta possibilidade é remota. Entretanto, entende que a decisão cabe a Trad e Puccinelli, que são os líderes do partido. Giroto diz que não acompanha pesquisas, mas acredita que a somatória dos três candidatos do grupo certamente ultrapassa os 30% na Capital.

Na ocasião em que externou sua indignação, Siufi se mostrou irritado com as declarações de apoio a Giroto e falou até em deixar a política caso perceba que há um desrespeito as regras que estabeleceram critérios de pesquisa para a escolha do representante do grupo.

“É preocupante. Nas reuniões que foram feitas foi sempre deixado as claras que não haveria interferência, carta marcada, jogo sujo, e eu confio nisso. Confio no André Puccinelli, no Nelsinho Trad. Nunca deixei de confiar. O dia que acreditar que isso não é verdadeiro, eu saio fora do processo e até largo a política”, declarou a época.

Reforço - Em entrevista ao Campo Grande News nesta manhã, o vereador Paulo Siufi declarou que está forte na campanha e se mostrou confiante nas pesquisas. Siufi acredita que vai “abocanhar” a vaga e garantiu que não desistiu e não vai desistir da campanha.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário