A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/12/2011 14:04

Governador diz que MS recebe R$ 64 milhões de dívida da Petrobras

Fabiano Arruda

André deu entrevista durante agendas públicas nesta manhã em Campo Grande

Puccinelli lembra que pendência durava mais de dois anos e que chegou a ser de R$ 137 milhões. (Foto: Fabiano Arruda)
Puccinelli lembra que pendência durava mais de dois anos e que chegou a ser de R$ 137 milhões. (Foto: Fabiano Arruda)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou nesta quinta-feira, durante agenda pública na Governadoria, que o Estado vai receber R$ 64 milhões relativos à dívida com a Petrobras.

A negociação durava mais de dois anos e o valor chegou a ser de R$ 137 milhões, explica Puccinelli.

Do montante, André diz que 25% serão destinados para os municípios, 16,7% para os outros Poderes e 15% será destinado para pagamento de dívida com a União.

“Sobra 30 conto”, resume Puccinelli, referindo-se aos R$ 27 milhões que restaram aos cofres do governo do Estado.

MS cobrava por meio de sete ações, duas judiciais e as outras administrativas, a dívida da empresa, segundo explicou André em outras ocasiões.

O governo cobrava pelo equívoco no cálculo da Petrobras em relação ao ICMS no Estado e que a empresa pagava o imposto sob metade do valor da compra.

Agenda - O governador André Puccinelli deu as declarações durante agendas públicas nesta manhã na Governadoria.

Ele participou da entrega da 7ª edição do Prêmio Sul-Mato-Grossense de Gestão Pública, realizado pela Escola de Governo.

Foram premiados nove trabalhos, que foram divididos nas categorias Acadêmica, Práticas Inovadoras – Gestão Estadual e Práticas Inovadoras – Gestão Municipal. Os vencedores receberam prêmios que variaram de R$ 1,5 mil e R$ 5,5 mil.

Segundo o diretor da Escola de Governo, Édio de Souza Viegas, desde 2007, cerca de 9 mil servidores passaram por capacitação no órgão, sendo 4 mil apenas neste ano. A meta é que pelo menos outros 6 mil passem pelos cursos no ano que vem.

Ainda na Governadoria, Puccinelli participou, juntamente como o diretor-presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, da assinatura de contrato que renova, por mais 30 anos, a concessão dos serviços públicos de saneamento, podendo operar os sistemas de tratamento e distribuição de água e de coleta e tratamento de esgoto nos municípios de Ribas do Rio Pardo, Eldorado e Deodápolis.

Conforme José Carlos, até agora, a Sanesul já renovou o contrato de concessão em 38 cidades de Mato Grosso do Sul.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions