A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

25/01/2017 07:53

Governadora em exercício visita obras em Corumbá e Ladário nesta quarta

Também acompanhará o secretário de Infraestrutura, Marcelo Miglioli

Mayara Bueno
Governadora em exercício, Rose Modesto (PSDB). (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Governadora em exercício, Rose Modesto (PSDB). (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Rose Modesto (PSDB), governadora em exercício de Mato Grosso do Sul, visita diversas obras em Corumbá e Ladário, distante 419 km de Campo Grande, nesta quarta-feira (25). Além dela, o secretário de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, também fará a vistoria.

A primeira parada será às 8 horas, em Corumbá. Lá, eles vistoriam a recuperação de várias ruas que passam por processo de recapeamento, conforme informou o governo. As obras são frutos de emendas parlamentares do ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido), e dos deputados Elizeu Dionísio (PSDB) e Tereza Cristina (PSB).

Ainda de acordo com o Executivo Estadual, o restante é contrapartida estadual, resultando em R$ 4,9 milhões de investimentos.

Depois, por volta das 9 horas, a governadora em exercício e o secretário vão para obras de água e esgoto, ainda em Corumbá. Foram investidos, neste caso, R$ 52,1 milhões de recursos federais e estaduais. Obras da Sanesul também serão vistoriadas, a partir das 10 horas.

A empresa de saneamento do Estado aplica R$ 68,3 milhões em serviços de implantação de rede coletora de esgoto e construção de reservatórios.

Os dois também passarão pelo Conjunto Residencial Sassida. No local há planejamento para pavimentação. O residencial tem 1,2 mil unidades habitacionais e população estimada de 6,2 mil pessoas.

Em Ladário, Rose e Miglioli vistoriam obras de recapeamento em diversas ruas da cidade. A intervenção está 65% executada e tem investimento R$ 1,6 milhão. A visita deve iniciar às 11h.

Além desse empreendimento, Ladário conta com obras de ampliação do esgotamento sanitário (R$ 5,5 milhões); e de implantação de rede coletora de esgoto e ampliação do sistema sanitário (R$ 8,1 milhões, entre recursos da Sanesul e federais).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions