A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/11/2008 14:42

Governo adia resposta às reivindicações de frigoríficos

Redação

O governo do Estado adiou a resposta às reivindicações dos proprietários de frigoríficos, que estiveram reunidos esta tarde com o secretário-adjunto de Fazenda, Gilberto Cavalcanti.

Além de alguns proprietários de frigoríficos, esteve presente na mesa de negociações o vice-presidente da Assocarnes (Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidoras de Carne de Mato Grosso do Sul), João Alberto Dias.

A principal reivindicação do setor é que o governo estenda a redução da alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que será de 2%, para as transações interestaduais com carne bovina.

Isso porque o governador André Puccinelli (PMDB) determinou que a alíquota caia pela metade, mas só para a comercialização de carne dentro do Estado. Ontem o índice era de 25% de redução, o Estado atendeu a solicitação para corte maior, mesmo assim os frigoríficos não se contentaram.

O vice-presidente da Assocarnes afirmou que o secretário-adjunto de Fazenda apenas anotou as reivindicações da categoria e prometeu discutir o assunto com o governador. Posteriormente, os proprietários de frigoríficos e representantes do setor serão novamente convocados para nova rodada de negociações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions