A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

12/01/2019 10:23

Governo divulga nomeações, mas admite possibilidade de mais cortes

Publicação extra do Diário Oficial do Estado trouxe 1.947 nomes, número semelhante ao de comissionados que atuavam no ano passado

Tatiana Marin
Reinaldo pediu diminuição de gastos e pode haver mais cortes se necessário. (Foto: Arquivo)Reinaldo pediu diminuição de gastos e pode haver mais cortes se necessário. (Foto: Arquivo)

Após publicação da lista de comissionados na edição extra deste sábado (12) do Diário Oficial do Estado, o governo vai permanecer analisando cortes ou novas nomeações para continuar com a redução nos gastos. A publicação trouxe lista com 1.947 nomes, número semelhante ao de comissionados atuando no ano passado, segundo o governador Reinaldo Azambuja.

Ao Campo Grande News, o secretário de Estado de Administração, Roberto Hashioka, confirmou que, apesar de a publicação tratar das realocações, ainda podem haver mudanças. “A princípio é essa lista, ela foi finalizada ontem (sexta-feira, 11) no final do dia, mas não conversei ainda com o governo para saber se teria outras mudanças”, declarou Hashioka ao ser inquirido sobre o número de nomeações.

O ex-titular da pasta e atual assessor especial da Secretaria de Governo, Carlos Alberto Assis, também confirmou que a lista pode não ser definitiva. “Poderão haver novos cortes. Fizemos a primeira etapa e vamos ver como se comportam as despesas. Estou trabalhando justamente em cima disso, revendo todos os nomes e fazendo fechamento”, disse ele.

Adicionalmente, devem haver outras medidas para sustentar o corte de gastos. Hashioka mencionou o setor de compras governamentais. “Vamos melhorar o sistema, já melhorou no passado e a tendência é otimizar cada vez mais”, avaliou.

Assis ressaltou que o governador prevê um ano difícil e solicitou que fosse realizado um enxugamento de despesas através da reestruturação. “Diminuímos mais uma secretaria, temos o menor número de secretarias entre todos Estados do Brasil”, destacou. “Fizemos um trabalho para que pudesse diminuir os gastos sem prejudicar os serviços”, acrescentou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions