A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/01/2015 16:58

Governo estuda meio legal para nomear Roberval para delegado-geral

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
Governador busca alternativa para nomear delegado aposentado (Foto: Chico Ribeiro)Governador busca alternativa para nomear delegado aposentado (Foto: Chico Ribeiro)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) estuda um mecanismo legal para nomear o delegado Roberval Maurício Cardoso Rodrigues para o cargo de delegado-geral da Polícia Civil. Legalmente, ele não pode ser nomeado porque se aposentou no mês passado e um delegado inativo não pode assumir o comando da DGPC.

A aposentadoria de Roberval, como delegado de classe especial, foi sancionada pelo então governador, André Puccinelli (PMDB), e publicada no Diário Oficial do Estado no dia 17 de dezembro de 2014.

De acordo com a Lei Orgânica da Polícia Civil, só pode assumir o cargo de delegado-geral o profissional que estiver na ativa e for nomeado pelo governador.

Segundo o secretário estadual da Casa Civil, Sérgio de Paula, Roberval Maurício é o nome escolhido para comandar a Polícia Civil. A Procuradoria Geral do Estado está buscando um meio legal ou uma brecha na legislação para justificar a nomeação do delegado.

“O delegado Roberval é o nome que queremos, mas tem esse problema da aposentadoria”, admitiu Sérgio.
O delegado também se envolveu em um incidente na madrugada do dia 28 de novembro deste ano no Jardim dos Estados. Conforme a Polícia Civil, ele matou um homem a tiros. O delegado admitiu o crime e alegou se tratar de legítima defesa. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Polícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions