A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

21/12/2017 08:56

Governo faz balanço e destaca opção por hospitais estratégicos

Paulo Nonato de Souza
O Hospital do Trauma, anexo à Santa Casa, em Campo Grande, está em fase de conclusão 21 anos após o início da obra e deverá ser entregue no início de 2018. (Foto: Chico Ribeiro)O Hospital do Trauma, anexo à Santa Casa, em Campo Grande, está em fase de conclusão 21 anos após o início da obra e deverá ser entregue no início de 2018. (Foto: Chico Ribeiro)

O projeto de reestruturação da área da saúde em Mato Grosso do Sul, em 2017, foi marcado pela construção e ampliação de hospitais considerados estratégicos em Dourados, Três Lagoas e Campo Grande, diz balanço divulgado nesta quinta-feira (21) pelo Governo do Estado.

De acordo com o balanço, em Três Lagoas o Hospital Regional está em fase de edificação, em Dourados, a execução da obra do HR está em fase de licitação, e Corumbá receberá uma ala inteiramente nova, anexa à Santa Casa. Já em Campo Grande, o Hospital do Trauma está em conclusão 21 anos após o início da obra e deverá ser entregue no início de 2018.

Também em Campo Grande, diz que o Hospital de Câncer Alfredo Abrão teve concluída a Unidade de Terapia Intensiva, o laboratório de diagnóstico e serão retomados os trabalhos na enfermaria. “Nossa lógica para a Saúde em Mato Grosso do Sul é criar polos para atender os pacientes regionalmente, acabando com o deslocamento e com a superlotação, dando condições das pessoas serem atendidas perto de onde vivem”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja ao apresentar as ações executadas de sua gestão neste ano. “Antes havia uma centralização do atendimento em Campo Grande. Criamos uma estrutura de alta complexidade mais próxima das regiões”, destacou.

Caravana da Saúde - Foram mais de 37 mil procedimentos oftalmológicos e 25 mil cirurgias eletivas com a proposta de iniciar uma nova etapa de atendimentos em 2018. A novidade deverá ser o enfoque da Caravana da Saúde em alunos da rede pública com problemas de visão ou audição.

Além dos exames, o Governo do Estado irá possibilitar aos estudantes o acesso aos óculos e aparelhos auditivos como forma de corrigir o problema, melhorar seu rendimento escolar e sua qualidade de vida. Também serão oferecidos serviços como exames de câncer de mama e colo de útero, para acelerar o diagnóstico e o tratamento dos pacientes.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions