A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

20/07/2016 09:16

Governo tira PDT do comando de órgão federal no Estado

Aline dos Santos
Yves Drosghic foi exonerado hoje e substituto teve nomeação na  sexta. (Foto: Arquivo)Yves Drosghic foi exonerado hoje e substituto teve nomeação na sexta. (Foto: Arquivo)

Depois de protagonizar demissão e retorno relâmpago em abril, Yves Drosghic foi exonerado hoje (dia 20) do comando da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato
Grosso do Sul. Segundo ele, a saída do cargo tem relação com o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e a chegada de Michel Temer (PMDB) ao poder.

O PDT, partido de Yves, foi contra o afastamento. “O governo está fazendo mudanças e o PSDB votou a favor do impeachment”, afirma. O sucessor de Yves é Vladimir Benedito Struck. “Ele, que é ligado ao PSDB, foi nomeado na sexta-feira, antes da minha exoneração. Agora, vou tocar a campanha aqui”, diz Yves, que é presidente do PDT em Campo Grande. A demissão é retroativa a 14 de julho.

A reportagem entrou em contato com a superintendência e foi informada de que Vladimir ainda não assumiu o cargo.

No mês de abril, a troca do PDT pelo PT no comando da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso do Sul durou 24 horas. O troca-troca foi uma surpresa no tabuleiro político às vésperas da votação do impeachment. Na ocasião, a situação foi classificada como erro do governo federal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions