A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/04/2016 13:32

Grupos tentam convencer deputado do PDT a votar a favor do impeachment

Ato será realizado hoje em frente a direção estadual do PDT

Leonardo Rocha
Grupos pró-impeachment tentam influenciar voto de Dagoberto Nogueira (Foto: Divulgação)Grupos pró-impeachment tentam influenciar voto de Dagoberto Nogueira (Foto: Divulgação)
Protesto terá faixas e cartazes para convencer o deputado a aderir ao impeachment (Foto: Divulgação)Protesto terá faixas e cartazes para convencer o deputado a aderir ao impeachment (Foto: Divulgação)

Os integrantes do Movimento Reaja Brasil e Pátria Livre irão fazer um ato em frente ao diretório estadual do PDT, em Campo Grande, para tentar convencer o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT), a votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Dois oito parlamentares do Estado, na Câmara Federal, apenas o pedetista seguia indeciso nesta semana.

Esta manifestação vai ocorrer a partir das 17h, onde aproximadamente 50 manifestantes irão usar faixas, cartazes e um megafone, para tentar convencer o deputado do PDT, a votar pela saída da presidente, em sessão que vai ocorrer no domingo (17), em Brasília. Eles alegam que o parlamentar precisa "seguir a vontade da maioria expressiva da população sul-mato-grossense".

Antes deste protesto, eles vão fixar duas faixas no pontilhão da Avenida Afonso Pena com a rua Ceará, para chamar a atenção do deputado e tentar "conscientizá-lo". Para os integrantes dos dois grupos pró-impeachment, Dagoberto precisa "honrar os votos que recebeu na última eleição", definindo logo sua posição sobre o assunto.

A maioria dos deputados federais de Mato Grosso do Sul já definiram posição, sendo a favor do impeachment: Tereza Cristina (PSB), Geraldo Resende (PSDB), Elizeu Dionísio (PSDB), Carlos Marun (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM). Contra estão Zeca do PT e Vander Loubet (PT).

A direção nacional do PDT decidiu ontem (13), que votaria contra o impeachment, de forma unida e coesa, o que definiria o voto de Dagoberto, único indeciso até o momento, no entanto já surgem rumores que a legenda pode reavaliar esta decisão até domingo (17).

O Campo Grande News tentou entrar em contato com o deputado Dagoberto Nogueira, mas ele não atendeu as nossas ligações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions