A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

18/09/2018 20:09

Haddad cresce 11 pontos e assume segundo lugar na corrida eleitoral

O petista aparece com 19% das intenções de voto atrás de Bolsonaro com 28%. O candidato do PSL, no entanto, também mantém o maior índice de rejeição com 42%

Adriano Fernandes
Candidato do PT aparece na pesquisa com 19% das intenções de voto ao cargo de presidente. (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)Candidato do PT aparece na pesquisa com 19% das intenções de voto ao cargo de presidente. (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

O candidato do PT à presidência Fernando Haddad cresceu 11 pontos em mais uma pesquisa de intenções de voto do Ibope, divulgada na noite desta terça-feira (18). O petista assume a segunda colocação na disputa com 19% das intenções, atrás do candidato pelo PSL, Jair Bolsonaro, que manteve a liderança. Bolsonaro, no entanto, também continua sendo o candidato com maior índice de rejeição com 42%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo" e o nível de confiança é de 95%. Jair Bolsonaro do PSL aparece na pesquisa em primeiro lugar com 28% das invenções de voto. Com a margem de erro, tem entre 26% a 30%. 

Fernando Haddad, candidato pelo PT tem 19% das intenções, na margem de erro tem entre 17% a 21%. Ciro Gomes, candidato do PDT, também foi pontuado com 11% das intenções. Com a margem o candidatos tem entre 9% a 13%. 

Geraldo Alckmin do PSDB aparece com 7%. Com a margem de erro o candidato teria entre 5% a 9%. Em seguida Marina Silva, candidata da Rede, tem 6% da preferência do eleitorado. Com a margem de erro a candidata teria entre 4% a 8%.

O candidato Alvaro Dias do Podemos tem 2% das intenções de voto, assim como João Amoêdo do Novo e Henrique Meirelles do MDB e que também aparecem na pesquisa com 2%. Com a margem de erro eles teriam entre 0% a 4 %. Cabo Daciolo do Patriota aparece com 1% da intenções de voto. Com a margem de erro tem entre 0% e 3%.

Os candidatos Vera Lúcia (PSTU), Guilherme Boulos do PSOL) e João Goulart Filho do PPL não pontuaram. Branco/nulos equivaleram a 14% dos entrevistados. Eleitores que não sabiam em quem votar ou responderam corresponderam a 7% dos entrevistados.

A margem de erro da pesquisa é de 2%. Foram entrevistados 2.506 eleitores em 177 municípios, entre os dias 16 a 18 de setembro. A pesquisa esta registrada no TSE-MS (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-09678/2018.

Caso a eleição vá a um segundo turno, se enfrentariam:

Haddad 40% x 40% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 5%)
Ciro 40% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 6%)
Alckmin 38% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 18%; não sabe: 6%)
Bolsonaro 41% x 36% Marina (branco/nulo: 18%; não sabe: 5%)

O Ibope também mediu a taxa de rejeição. Ou seja, em qual candidatos não votaria nas eleições. Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.

O percentual seria de:

Bolsonaro: 42%
Haddad: 29%
Marina: 26%
Alckmin: 20%
Ciro: 19%
Meirelles: 12%
Cabo Daciolo: 11%
Eymael: 11%
Boulos: 10%
Alvaro Dias: 10%
Vera: 9%
Amoêdo: 9%
João Goulart Filho: 8%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe/não respondeu: 9%



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions