ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  13    CAMPO GRANDE 27º

Política

Ibama está sem comando em MS

Por Redação | 27/02/2008 11:50

Por causa de uma nova disputa entre peemedebistas e petistas por cargos federais em Mato Grosso do Sul, a superintendência regional do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) está vaga desde o final da semana passada. Nereu Fontes, então titular do cargo, diz que foi comunicado na quinta-feira passada que não era mais superintendente.

O engenheiro agrônomo David Lourenço - ligado a Egon Krakhecke, da esquerda do PT - foi nomeado na semana passada pela ministra Marina Silva (Meio Ambiente). O governador André Puccinelli não gostou e reagiu revogando a cedência dele da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) para a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca do Governo Federal, o que na prática impediu que Lourenço assumisse a vaga no Ibama.

Líder do Governo na Assembléia Legislativa, o deputado estadual Youssif Domingos (PMDB) diz que Puccinelli não gostou do fato de supostamente não ter sido consultado e que não tem relação direta com o nome de David Lourenço.