A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

16/05/2014 11:30

Imagens do circuito interno vão auxiliar na identificação de vândalos

Aline dos Santos e Kleber Clajus
Bernal e aliados assumiram o poder por oito horas. (Foto: Marcelo Victor)Bernal e aliados assumiram o poder por oito horas. (Foto: Marcelo Victor)

A Prefeitura de Campo Grande vai repassar à Polícia Civil imagens do circuito interno para identificar os autores da invasão ao Paço Municipal, na avenida Afonso Pena.

Após o prefeito cassado Alcides Bernal (PP) obter liminar para regressar ao comando da cidade, um grupo de aliados foi ao prédio. Eles promoveram revista aos servidores, lavaram a entrada do imóvel, trocaram fechaduras de salas e outras foram trancafiadas. O retorno da gestão durou oito horas. À meia-noite de hoje, o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) derrubou a liminar e manteve Gilmar Olarte (PP) como prefeito.

Conforme o secretário de Administração, Waltemir Brito, as imagens serão repassadas à Polícia, junto com registro de boletins de ocorrência por invasão, vandalismo e agressão. “O que aconteceu aqui foi um crime. Mesmo com a liminar, isso não dá o direito de fazer o que fizeram. A Câmara e prefeito deveriam ter sido citados”, afirma.

Hoje, o Paço Municipal está fechado. A administração dispensou 580 servidores que trabalham no local. O “feriado” vai prejudicar o fechamento da folha de pagamento do funcionalismo público.

De acordo com a secretária-adjunta da Semad (Secretaria de Administração), Maria das Graças Macedo, a folha é totalizada no dia 19, próxima segunda-feira. Segundo ela, será preciso correr contra o tempo para que o pagamento dos 20.400 servidores públicos seja depositado no primeiro dia útil de junho.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions