A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

09/12/2015 09:12

Instituições promovem eventos no dia internacional contra corrupção

Leonardo Rocha

Instituições públicas e da sociedade civil promovem nesta quarta-feira (09), eventos em comemoração ao Dia Internacional contra a Corrupção. Haverá lançamento de site para controle e denúncias, palestras e até uma ato de protesto em frente a Policia Federal, em Campo Grande, no final da tarde.

Durante a manhã, o colegiado da Rede de Controle da Gestão Pública de Mato Grosso do Sul, que é formado pela Fiems (Federação das Industrias de MS), CGU (Controladoria Geral da União), TCU (Tribunal de Contas da União), MPF (Ministério Público Federal), Receita Federal, Polícia Federal, além de outros órgãos de controle, fazem o lançamento oficial do site do grupo.

A intenção é que esta ferramenta possa facilitar a comunicação com a sociedade, que inclusive poderá denunciar atos irregulares, de corrupção praticados pelos gestores, contribuindo com os órgãos de controle. "O site vai divulgar as ações da Rede direcionadas à fiscalização da gestão pública, ao diagnóstico e combate à corrupção", disse a gerente de controladoria interna da Fiems, Silvia Gonda.

O site ainda disponibiliza o desenvolvimento de ações de prevenção ao combate a corrupção nos órgãos públicos do Estado. O evento ocorre durante toda manhã, na sede da Fiems, em Campo Grande.

No período da tarde, a partir das 14h, o MPF realiza um evento que terá palestras, divulgação de pesquisa e discussões sobre ações realizadas pela instituição contra a corrupção em Mato Grosso do Sul. No final ainda será destacado o projeto com as dez medidas contra estas irregularidades, que busca apoio popular em todo país.

Os procuradores do MPF irão tratar de assuntos como pesquisa sobre os sites de transparência dos poderes no Estado, assim como divulgação de estatísticas sobre Mato Grosso do Sul. Temas que geraram investigação do MPF, como aplicação de recursos públicos em saúde, programas que não cumpriram a finalidade, como o Gisa (Gestão de Informações em Saúde) e a Operação Lama Asfáltica também serão discutidos.

No final da tarde, a partir das 17h30, haverá também um ato em favor da Polícia Federal, na frente da Superintendência Regional, em Campo Grande. Além de pedir melhorias na carreira e condições de trabalho, grupos como o Pátria Livre e Avança Brasil, irão prestar apoio a Operação Lava Jato, assim como começar as mobilizações a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions