ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 31º

Política

Justiça Eleitoral já recebeu 463 denúncias de propaganda irregular

Denúncias podem ser feitas pelos eleitores por meio do aplicativo "Pardal" nesta eleição

Por Leonardo Rocha | 28/10/2020 12:05
Aplicato "Pardal" que recebe denúncias eleitorais (Foto: Divulgação)
Aplicato "Pardal" que recebe denúncias eleitorais (Foto: Divulgação)

A Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul já recebeu 463 denúncias de propaganda irregular cometida pelos candidatos no Estado. Elas chegaram por meio de eleitores pelo aplicativo “Pardal”, que foi disponibilizado para avaliar estas infrações.

Todas as denúncias serão avaliadas e caso tenham fundamento podem gerar punições aos candidatos e partidos políticos. Deste montante, quase metade das queixas foram feitas em Campo Grande, chegando a 215 ocorrências. Depois aparece Dourados, com 33 (denúncias).

Ainda teve 26 ocorrências em Jardim, 17 na cidade de Douradina, 13 em Ponta Porã e 12 nos municípios de Itaquiraí e Dois Irmãos do Buriti. Ao todo foram feitas denúncias em 48 das 79 cidades do Estado. (Confira a lista completa).

O aplicativo está em funcionamento desde o dia 27 de setembro, quando começou a campanha eleitoral, e já nas duas primeiras semanas tinha 129 denúncias, agora este número chegou a 462, com um mês à disposição da população.

Aplicativo – A intenção do aplicativo é dar condições para o eleitores denunciar irregularidades (candidatos) e assim contribuir para apuração da Justiça Eleitoral, assim como Ministério Público.  O cidadão poderá enviar uma foto e relatório sobre a infração que presenciou.

Se houver denúncias sobre outras irregularidades, como “compra de votos”, ou doações e atitudes proibidas na campanha, pode fazer este relato diretamente ao Ministério Púbico Eleitoral, por meio do site da instituição. Já pelo aplicativo “Pardal”, o cidadão ainda pode acompanhar a continuidade do processo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário