A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

18/05/2015 10:43

Justiça intervém para garantir oposição na disputa de sindicato na Assembleia

Luana Rodrigues e Juliana Brum
Edicel e Márcia (abraçados) são os candidatos da oposição (Foto: Juliana Brum)Edicel e Márcia (abraçados) são os candidatos da oposição (Foto: Juliana Brum)

A votação para eleição da nova presidência do Sisal/MS (Sindicato dos Servidores da Assembleia legislativa de Mato Grosso do Sul) começou com confusão na manhã desta segunda-feira(18). Um oficial de justiça teve de ir até a Assembleia Legislativa para "liberar" o início da eleição, que ocorreu por volta das 9h30.

Representantes da Chapa 1 "Unidade Sindical", composta pelo atual presidente do sindicato Nailor Vargas, contestaram a candidatura da chapa 2 "Lutando por mudanças", que tem como candidata à presidente, Márcia Severo.

Conforme reclamação da Chapa 1, Márcia teria que ter pedido afastamento da gestão da Asalmasul (Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa) para concorrer ao cargo no sindicato e não o fez. 

Márcia, por sua vez, disse que conseguiu uma liminar da justiça no dia 15 de abril para concorrer e a entregou à presidência do sindicato, comprovando a legalidade da participação e destacou que foi uma tentativa frustrada da oposição para que não houvesse concorrente.

O Sisal possui 1092 servidores filiados que cumprem com os pagamentos mensais ao sindicato. A arrecadação anual é de R$ 117 mil.

O resultado da eleição está previsto para após às 17h.

Concorrentes
À frente da Chapa 1 - "Unidade Sindical" está o blibioteconomista Nailor Vargas Santos. " Gostaria de permanecer porque foi uma vitória da nossa gestão a realização do plano de cargos e carreiras, que irá possibilitar a realização do concurso público", defendeu.

Já pela Chapa 2 - "Lutando por mudanças" - a candidata a presidente é Márcia Severo, que tem como vice Edicel Machado. "Nós lutamos pela renovação na direção depois de quatro mandatos consecutivos. Apresentamos propostas de inclusão e união dos comissionados e aposentados, para que juntos possamos lutar pela categoria e ter voz dentro da Assembleia", frisou Edicel, vice-presidente da chapa 2.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions