A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/09/2016 11:56

Justiça revoga a prisão temporária do ex-ministro Guido Mantega

Ele havia sido detido na manhã desta quinta-feira pela 34ª fase da Lava Jato

Mayara Bueno
Ex-ministro de Fazenda, Guido Mantega. (Antonio Cruz/Agência Brasil).Ex-ministro de Fazenda, Guido Mantega. (Antonio Cruz/Agência Brasil).

A Justiça Federal revogou a prisão do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, alvo da 34ª fase da Lava Jato, horas depois de ter sido detido. Nesta quinta-feira (22), a PF (Polícia Federal) cumpriu a prisão temporária de Mantega, enquanto ele estava no hospital acompanhando sua esposa em um procedimento médico.

A decisão do juiz Sérgio Moro afirmou que a autoridade policial, MPF (Ministério Público Federal) e ele mesmo não sabiam do estado de saúde da esposa. Argumentou também que as buscas já começaram e que, uma vez Guido solto, não de haver riscos de interferência da colheita das provas. As informações são do G1.

Durante o cumprimento do mandato, a PF foi até a casa de Mantega, mas o ex-ministro não estava, pois tinha ido ao hospital Albert Einstein, na zona Sul de São Paulo, onde a mulher passava por cirurgia.

De lá, os policiais levariam Mantega até seu apartamento em Pinheiros, na Zona Oeste, para também cumprir um mandado de busca e apreensão. O advogado de Mantega, José Roberto Batochio, afirmou que o ex-ministro foi preso no hospital, que fica no Morumbi.

Ex-ministro Guido Mantega é preso na 34ª fase da Lava Jato
O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi preso temporariamente na manhã de hoje (22) no âmbito da Operação Arquivo X da Polícia Federal. De acordo...
MPF denuncia ex-ministro Paulo Bernardo por corrupção e organização criminosa
O Ministério Público Federal (MPF) denunciou hoje (1º) à Justiça o ex-ministro Paulo Bernardo pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiv...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions