A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

09/07/2014 16:35

Londres é o mais rico entre os vices, e Antônio João dos senadores

Ludyney Moura
Deputado estadual Londres Machado é o mais rico entre os candidatos a vice-governador. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Deputado estadual Londres Machado é o mais rico entre os candidatos a vice-governador. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)
E o presidente estadual do PSD, Antônio João, tem o maior patrimônio entre os candidatos ao Senado. (Foto: Cleber Gellio/Arquivo). E o presidente estadual do PSD, Antônio João, tem o maior patrimônio entre os candidatos ao Senado. (Foto: Cleber Gellio/Arquivo).

O candidato a vice-governador na chapa do PT, deputadoe estadual Londres Machado (PR), é o mais rico entre os seis candidatos. Ele tem o patrimônio mais que três vezes superior ao do titular da chapa, senador Delcídio do Amaral (PT), que declarou patrimônio de R$ 3,3 milhões. Entre os candidatos a senador, o dono do Correio do Estado e empresário Antônio João Hugo Rodrigues, é o mais rico. 

De acordo com os dados disponibilizados pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), dos seis sul-mato-grossenses que estão na disputa, o presidente estadual do PSD, e candidato na chapa encabeçada pelo tucano Reinaldo Azambuja, o empresário Antônio João Hugo Rodrigues, é o mais rico, com um patrimônio declarado de R$ 9,3 milhões.

Do outro lado da tabela está o candidato do PSTU, Valdemir Casimiro, que declarou uma relação de bens que chega a R$ 45 mil. Atrás de Antônio João está o candidato do PT ao Senado, o médico Ricardo Ayache, que apresentou à Justiça um patrimônio de R$ 2,3 milhões. O prefeito cassado de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), é o terceiro com R$ 1,8 milhão. 

Desejosa de trilhar o caminho político do pai, o ex-senador Ramez Tebet, a vice-governadora e candidata do PMDB ao Senado, Simone Tebet declarou bens que atingem R$ 1,5 milhão. Por fim, o postulante do PSOL, e presidente estadual da legenda, Lucien Rezende, disse à Justiça que seu patrimônio é de R$ 125 mil.

Vice-governador – Para o cargo de vice-governador do Estado o deputado estadual Londres Machado (PR), que completa a chapa do petista Delcídio do Amaral, é de longe o “mais endinheirado”. O patrimônio declarado do republicano, que está em seu 11º mandato consecutivo na Assembleia Legislativa, é de R$ 11,9 milhões.

Bem atrás está a candidata a vice do peemedebista Nelsinho Trad, a pastora Janete Morais, indicada do PSB. Filha do ex-prefeito de Dourados, pecuarista e um dos maiores filantropos de Mato Grosso do Sul, Antônio Morais (falecido no final de 2013), declarou uma relação de bens que chega a R$ 2,7 milhões.

O restante não se enquadra no rol de milionários. A professora Rose Modesto (PSDB), vice de Reinaldo Azambuja, apresentou um patrimônio de R$ 139 mil. Suél Ferranti, do PSTU, registrou bens no valor de R$ 111 mil.

No fim da lista estão os candidatos do PSOL, Waldely Vaneli, com um patrimônio de R$ 105 mil e a vereadora de Dourados e vice do Partido Progressista, Virginia Magrini, com R$ 58 mil.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions