A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

14/08/2018 11:41

Mais dois candidatos registram candidatura ao governo de MS

Advogado, com patrimônio de R$ 6 milhões, e engenheiro, que tem bens de R$ 1 milhão, oficializaram a entrada na disputa pelo Executivo estadual

Anahi Zurutuza
João Alfredo (Psol) na foto que estará disponível na urna (Foto: TRE-MS/Divulgação)João Alfredo (Psol) na foto que estará disponível na urna (Foto: TRE-MS/Divulgação)
Marcelo Bluma (PV) sorri para foto que também aparecerá na urna (Foto: TRE-MS/Divulgação)Marcelo Bluma (PV) sorri para foto que também aparecerá na urna (Foto: TRE-MS/Divulgação)

Com declaração de bens que somam R$ 6,6 milhões e R$ 1,3 milhão, respectivamente, o empresário e advogado João Alfredo (Psol) e o engenheiro Marcelo Bluma (PV) também já registraram as candidaturas ao Governo de Mato Grosso do Sul. Até esta segunda-feira (13), o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) haviam feito o registro o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o juiz federal Odilon de Oliveira (PDT).

João Alfredo declarou patrimônio total de R$ 6.654.000,00, composto de imóveis e veículos. O candidato é advogado, já foi vice-prefeito de Ribas e se candidatou a prefeito da cidade a 103 km de Campo Grande por mais de uma vez. Antes de migrar para o Partido Socialismo e Liberdade, João Alfredo foi do PHS (Partido Humanista da Solidariedade).

O Psol oficializou chapa pura, com Osvaldina Maria de Freitas, Diná Freitas, da mesma legenda, como candidata a vice. Ela declarou patrimônio de R$ 144 mil.

Também já enviou os documentos e a declaração de bens à Justiça Eleitoral, o engenheiro Marcelo Bluma (PV). Pela primeira vez candidato ao governo, ele diz ter patrimônio que somam R$ 1.374.352,05. Imóveis são a maior parte dos bens do candidato.

A professora Ana Maria Carneiro Bernadelli (Rede) é a vice na chapa “O Nosso Movimento é por Mudança”, encabeçada pelo PV, que também coligará com o PCdoB. Ela declarou bens que somam R$ 33 mil.

Mais candidatosO juiz federal Odilon de Oliveir (PDT) foi o primeiro a registrou a candidatura. Ele tem R$ 1.599.131,35 em bens. A lista de bens do Pastor Marcos Vitor (PRB), vice de Odilon, ainda não foi cadastrada, conforme o sistema disponibilizado pela Justiça Eleitoral.

A coligação, formada ainda pelo Podemos, foi batizada de “Esperança e mudança”.

O candidato com maior patrimônio declarado até agora é Reinaldo Azambuja (PSDB). Produtor rural em Maracaju, o governador declarou R$ 33.698.697,47 em bens.

Murilo Zauith (DEM), o candidato a vice, declarou R$12.479.014,52. A coligação “Avançar com Responsabilidade”, registrada no dia 10, é formada por 14 partidos.

Candidaturas - Até agora, 140 candidatos entregaram a documentação ao TRE-MS. A Justiça Eleitora ainda tem de analisar todos os dados declarar os concorrentes aptos ou inaptos. O prazo para fazer o registro termina nesta quarta-feira (15). 

Matéria alteradas às 12h48 para correção de informação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions