ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 24º

Política

Mais dois denunciados de MS se tornam réus por invasões em Brasília

STF já havia formado maioria, mas julgamento foi encerrado ontem, com 200 réus por invasões em janeiro

Silvia Frias | 03/05/2023 07:29
Vândalos invadiram o Congresso Nacional, Palácio do Planalto e sede do STF. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Vândalos invadiram o Congresso Nacional, Palácio do Planalto e sede do STF. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O STF (Supremo Tribunal Federal) tornou réus mais 200 denunciados envolvidos nos atos de 8 de janeiro. Na ocasião, vândalos depredaram a sede do Supremo Tribunal Federal (STF), o Congresso e o Palácio do Planalto. Na lista dessa segunda leva, há dois réus de Mato Grosso do Sul.

O placar do julgamento virtual foi finalizado por volta das 22h (horário de MS), com oito votos que seguiram totalmente o relator, ministro Alexandre de Moraes, pelo recebimento integral das denúncias.

André Mendonça e Nunes Marques divergiram parcialmente do relator e aceitaram a acusação somente para os acusados que participaram da depredação, não incluindo quem foi preso no quartel do Exército, em Brasília, um dia após os atos.

Em função de aposentadoria de Ricardo Lewandowski, a Corte não conta com o voto do 11° ministro.

Até o momento, 300 investigados se tornaram réus após decisão da Corte. Cerca de 1,3 mil pessoas foram denunciadas ao Supremo pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Além do relator, votaram pelo recebimento das denúncias os ministros Dias Toffoli, Edson Fachin, Gilmar Mendes, Luís Roberto Barroso, Cármen Lúcia, Luiz Fux e a presidente Rosa Weber.

Casos - Da lista de 200, dois são de MS: um é o empresário de Maracaju, Ivair Tiago de Almeida, 47 anos; o segundo é Ilson Cesar Almeida de Oliveira, 45 anos, morador de Sidrolândia.

Nesta terceira leva, que começa hoje, o julgamento ocorrerá a partir da 0h do dia 3 de maio até 23h59 do dia 8 de maio. São 250 denunciados, entre eles, três sul-mato-grossenses: Antônio Plantes da Silveira, 53 anos, Cassius Alex Schons de Oliveira, 48 anos, e Eliel Alves, 44 anos. (Com informações da Agência Brasil).

Nos siga no Google Notícias

Veja Também