A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

19/06/2015 12:22

Mario Cesar diz que parcerias possibilitaram implantação de videomonitoramento

Flávia Lima
Vereador Mario Cesar ressalta trabalho conjunto de entidades na implantação do serviço. (Foto:Divulgação)Vereador Mario Cesar ressalta trabalho conjunto de entidades na implantação do serviço. (Foto:Divulgação)

Autor da lei que implantou o serviço de monitoramento, inaugurado nesta sexta-feira (18) pelo prefeito Gilmar Olarte (PP), o presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB), disse que as 22 câmeras instaladas no Centro de Campo Grande irão fortalecer a integração do serviço de policiamento, que inclui PM e Guarda Municipal.

Ele lembrou que após a aprovação da lei, em 2011, o sistema foi amplamente discutido ao longo desse período, inclusive ouvindo a população e entidades envolvidas na implantação do serviço.  

As câmeras foram instaladas no quadrilátero central compreendido entre as avenidas Mato Grosso, Afonso Pena, Calógeras e rua Rui Barbosa. Com 450 metros de alcance, elas geram imagens em 360º e possuem dispositivo para gravar tanto de dia quanto de noite.

"As câmeras vão trazer melhorias para a segurança e para o trânsito, no sentido das ações e de prevenção das polícias. Volto novamente a agradecer o Conselho de Segurança do Centro e a todos os parceiros", ressaltou.

O presidente do Conselho de Segurança do Centro, Adelaido Luiz Espinoza, que também participou da solenidade, destacou o empenho do órgão, que contou com o apoio da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Rotary Club, e das polícias militar e civil.

O Delegado-Geral de Polícia Civil, Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, destacou que o sistema vai auxiliar nos trabalhos de investigação. "Vai nos ajudar muito. O monitoramento nos fazia muita falta nas investigações. Teremos muito mais eficácia agora", afirmou. As imagens serão armazenadas por 30 dias e podem ser requeridas pelas autoridades do judiciário e da segurança pública de campo grande como fonte de investigação criminal.

O Centro de Controle Operacional está instalado em prédio na Rua Anhanduí - em frente ao Horto Florestal. Além da Guarda Municipal, que será responsável pela operacionalização do sistema, equipes da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Defesa Civil e Policia Rodoviária Federal também vão monitorar as imagens capturadas pelas câmeras que são de alta definição.

 

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions