A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/09/2016 18:33

Marquinhos ganha direito de resposta em propaganda de Alex do PT

Nyelder Rodrigues
Marquinhos durante debate na ACP, no começo desta semana (Foto: Fernando Antunes)Marquinhos durante debate na ACP, no começo desta semana (Foto: Fernando Antunes)

A Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul concedeu ao candidato do PSD à prefeitura de Campo Grande, deputado estadual Marquinhos Trad, direito de resposta referente a propaganda considerada irregular e difamatória feita pelo candidato a prefeito Alex do PT. O petista fez uso indevido de imagem e associação do nome do adversário a escândalos de corrupção.

O período concedido para a defesa do candidato do PSD será realizada durante o horário eleitoral da coligação Campo Grande é do Povo, encabeçada por Alex. Nas denúncias citadas pelo PT, não há envolvimento de Marquinhos, fato que estaria criando "estados mentais anormais nos eleitores", argumenta os advogados de Trad em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (15).

"A propaganda busca induzir que o candidato representante estaria ligado aos escândalos de corrupção, com escopo de atingir a honra e a reputação daquele, imputando-lhe, ainda, a peça de corrupto", frisa parte da denúncia feita pela coligação Sempre com a Gente (PSD, PTB, DEM, PEN, PT do B, PMN, PHS e PPL).

Marquinhos terá um minuto e será feito no mesmo período em que foi veiculada por Alex a ofensa moral. "Nos termos do artigo 51, §2º, da Resolução 23.457/2015 do TSE determino a proibição da veiculação da propaganda eleitoral que contém o discurso caracterizador da ofensa à honra", determina a juiz que analisou a representação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions