A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/04/2012 12:23

Marquinhos Trad pede para a Aneel investigar as contas da Enersul

Wendell Reis

Deputado acredita que a Enersul pode vir a pedir recuperação judicial se o Estado não intervir

O deputado lembrou que a Enersul teve lucro de R$ 151 milhões no ano passado e ainda assim não pagou a Eletrobrás(Foto:Divulgação/Giuliano Lopes)O deputado lembrou que a Enersul teve lucro de R$ 151 milhões no ano passado e ainda assim não pagou a Eletrobrás(Foto:Divulgação/Giuliano Lopes)

O deputado Marquinhos Trad (PMDB) vai enviar um requerimento a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) solicitando que seja formada uma comissão a ser enviada a Mato Grosso do Sul para intervir, investigar e analisar o sistema financeiro da empresa Enersul.

O deputado lembrou que a Enersul teve lucro de R$ 151 milhões no ano passado e ainda assim não pagou a Eletrobrás. Ele acredita que se o Estado não intervir, em breve, quem vai pedir recuperação é a Enersul em Mato Grosso do Sul. Marquinhos ainda questionou o fato da Enersul ter demitido quase mil funcionários, mesmo tendo lucro no Estado.

Marquinhos Trad não descarta a possibilidade do Grupo Rede estar utilizando verba da Enersul para salvar a Celpa (Centrais Elétricas do Pará), que pediu recuperação judicial de R$ 3 bilhões para pagamento de dívidas. “O Mato Grosso do Sul corre o risco de ficar sem energia elétrica, tal qual está o Pará”.

O deputado Lauro Davi (PSB) ressaltou que muitas pessoas reclamam das diferenças nas contas de energia. A sua consideração foi apoiada pelo deputado Onevan de Matos (PSDB). Ele relatou que por dois meses a conta de energia de sua residência apresentou valor idêntico, vindo a aumentar consideravelmente no mês seguinte e cair novamente para o mesmo valor das duas primeiras faturas.

Onevan observou que isso acontece quase que rotineiramente, avaliando que a empresa pode estar tirando a diferença nesta medição. Para resolver o problema, Onevan sugeriu audiência pública ou mesmo uma CPI.

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos (PMDB), concordou que ultimamente as contas têm apresentado diferenças gritantes e pediu para que os integrantes da antiga CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Enersul investiguem o problema.

Ontem (3) a Enersul foi impedida de reajustar a tarifa de energia em 2,59% por conta de uma dívida de R$ 49,5 milhões com a Aneel. Porém, enviou uma nota a imprensa prometendo equacionar a dívida. A empresa alegou que o endividamento é de 40,7% ante ao lucro de 151 milhões no ano passado, dívida que avalia estar “muito abaixo do considerado ideal, pela Aneel, para o setor, qual seja: de 55%”.



não foi o mesmo apresentado na conta que recebi, fato este que posso conprovar com a documentaçao me deixada pelo funcionário. Eles reduziram em media 100KWs da minha conta atual, isso me parece que estam montando provas para alegar que havia aduteração no medidor. Porém aguardo a manisfestação da empresa, para poder então entrar com um processo. Gostaria de obter seu auxilio, obrigado .
 
Edna Zanetoni em 13/04/2012 02:00:45
A pouco tempo aluguei um imóvel, neste caixa do medidor estava sem o lacre, desconsiderei tal fato, pois o consumo sempre foi normal, porém a pouco tempo houve um arrastão da enersul em nosso Bairro. e o meu medidor foi levado, só que nas alegações do funcionário constam que ao invés de um lacre , faltavam dois, e esta informação não procede e mais a leitura tirada no momento do recolhimento .
 
Edna Zanetoni em 13/04/2012 01:55:48
Gostaria de tornar publico pois muitas pessoas são lesadas neste sentido, porém desistem, por acharem que não tem direitos ou como recorrer, confesso que levou mais ou menos 2 anos, mas cheguei lá.
 
Edna zanetoni em 13/04/2012 01:51:12
Caro Deputado, venho por meio desta, parabenizá-lo, pelo trabalho que tem feito. e tbém para notificá-lo, que a dois anos atráz ganhei uma causa na justiça, contra a enersul. Causa esta, onde consegui provar que o medidor de energia da minha residência estava alterando o consumo para maior , ou além do consumo devido. Fiquei alegre porém triste, por que me devolveram o dinheiro sem juros. obrigado
 
Edna Zanetoni dos Anjos em 13/04/2012 01:48:49
Se a Enersul for atingida por uma nova CPI a coisa vai ficar preta, os dirigentes da empresa precisam agir rápido senão vão errar mais uma vez, vão tentar contornar o problema pela via errada, está nascendo o "Novo Caso Enersul"!!! CPI vem aí!!!
 
Carlito Bais em 06/04/2012 06:19:19
Ufaaaa!!!
Alguém percebeu que a Enersul está variando muito, nas cobranças do consumo de energia.
Na minha casa quase não tem aparelhos e ainda assim pago 120,00 de conta, que acho um absurdo. Já estava na hora de investigarem essa empresa.
 
Luciano Silgueiros em 05/04/2012 09:05:33
Vá em frente Deputado Marquinhos Trad, porque as contas de energia tem dado saltos esquisitos demais de um mês para o outro.
 
João Alves de Souza em 05/04/2012 03:29:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions