A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/04/2012 16:21

Impedida de aplicar reajuste, Enersul promete quitar dívida de R$ 49 mi

Fabiano Arruda

Por meio de nota, a Enersul afirmou nesta terça-feira que a dívida de R$ 49,5 milhões com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) será equacionada “em breve”.

O valor foi divulgado hoje pelo deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), que participou do julgamento sobre o reajuste na Aneel.

A concessionária que opera em 73 municípios do Estado, por sua vez, não comentou na nota o valor da dívida, que impede o reajuste médio na conta de luz dos sul-mato-grossenses em 2,59%.

O aumento foi autorizado pela Aneel com aplicação a partir do dia 8, contudo, por conta da inadimplência, a empresa não poderá alterar os índices.

Na nota, a Enersul frisa que o reajuste, na verdade é de 6,43%, mas o reflexo aos clientes será de 2,59%, fruto de três fatores: índice de reajuste econômico (3,25%), componentes financeiros (2,91%) e os componentes financeiros que haviam sido incorporados no reajuste tarifário de 2011, que foram deduzidos e representam 3,84%, “resultando, assim, um impacto médio no valor final da conta de energia elétrica em 2,59%”.

A concessionária ainda destaca que, de abril de 2008 a março deste ano, a evolução dos preços das tarifas de energia aos consumidores da Enersul chega a 14,75%, “cerca de metade da variação do IPCA e pouco mais que um terço da variação do IGPM”.

Além disso, cita que o endividamento da concessionária é de 40,7% ante ao lucro de 151 milhões no ano passado, dívida “muito abaixo do considerado ideal, pela Aneel, para o setor, qual seja: de 55%”.

“A Enersul investiu, nos dois últimos anos, em expansão, atendimento e qualidade mais de R$ 340 milhões, a maior parte com recursos próprios”, diz outro trecho da nota.



Pois é! Claudio.se vc atrasa o pagamento de sua conta de energia,fica no escuro, ganha lugar no serasa,spc.e não sei mais onde,eles devem e querem tirar do nosso bolso...Engraçadinhos eles!
 
Lucas da Silva em 04/04/2012 09:32:11
Ah bom, então eles podem ficar inadimplentes? O pobre coitado atrasa corta a luz, corta a agua, cortam os serviços básicos do cidadão.
 
Claudio Junior em 04/04/2012 07:53:04
O interessante é que so vejo o Deputado Marquinhos Trad defendendo o povo nessa questão e os outros parlamentares? até candidatos a eleição de prefeito, não defendem o povo? É preciso que o Eleitor veja isso com carinho, quem não defende o povo precisa do seu voto ? Acorda povo de Campo Grande e Mato Grosso do Sul, enquanto há tempo.
 
luiz alves pereira em 04/04/2012 07:36:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions