ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 13º

Política

Mesmo sob pressão, câmara aprova Dia Municipal do Orgulho LGBTQIA+

Sem conseguir tirar projeto da pauta, vereadores evangélicos e bolsonaristas se retiraram do plenário

Por Adriano Fernandes | 04/07/2022 22:58
Sessão da Câmara de Vereadores de Dourados, nesta noite (04). (Foto: Divulgação)
Sessão da Câmara de Vereadores de Dourados, nesta noite (04). (Foto: Divulgação)

A Câmara de Vereadores de Dourados, aprovou na noite desta segunda-feira (04) por 7 votos a cinco, a instituição do Dia Municipal do Orgulho LGBTQIA+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgênero, Queer, Intersexo, Assexual) em todo 28 de junho.

A data, que já é celebrada mundialmente desde 1969 remete à Rebelião de Stonewall, nos EUA e agora, como lei municipal, passa a ter um peso ainda mais simbólico no âmbito da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. No entanto, houve pressão para retirada do projeto da pauta, conforme apurou o Campo Grande News.

Como não conseguiram retirar o tema de votação, seis vereadores saíram do plenário, para tentar boicotar o projeto. Entre os ausentes e que votaram contra estão vereadores evangélicos e bolsonaristas.

"O Dia do Orgulho LGBTQIA+ também é um reforço para lembrar a todos os gays, lésbicas, bissexuais, Transgêneros, Transexuais, Travestis, Intersexual, assexuais e demais pessoas com sua identidade de gênero e orientação sexualidade não hetero-cis-normativa, que todos devem se orgulhar do que são e não sentir vergonha de anunciar sua sexualidade. Não importa se uma pessoa é heterossexual, homossexual, bissexual, transgênero, travesti ou intersexo, o importante é ser respeitada como um ser humano e ter todos os seus direitos garantidos", justificou o autor do projeto, o vereador Rogério Yuri Farias Kintschev (PSDB).

Apesar da pressão, a maioria dos parlamentares presentes apoiaram o PL do colega, que foi o último a ser votado durante a sessão desta noite. Marcelo Mourão, Lia Nogueira, Pudim, Diogo Castilho, Olavo Sul, Rogério Yuri e Jânio Miguel votaram a favor da criação do Dia Municipal do Orgulho LGBTQIA+ em Dourados. Esta, possivelmente, é a primeira lei municipal reforçando a importância da data em Mato Grosso do Sul.

Nos siga no Google Notícias