A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

13/11/2017 17:10

Ministro tucano, Bruno Araújo pede demissão do ministério das Cidades

Titular argumentou que não havia sustentação do partido para continuar no governo Temer

Mayara Bueno
Bruno Araújo com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante agenda em Brasília. (Foto: Ministério das Cidades/Arquivo).Bruno Araújo com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante agenda em Brasília. (Foto: Ministério das Cidades/Arquivo).

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, pediu demissão do cargo nesta segunda-feira (13). A carta de exoneração foi entregue ao presidente da República, Michel Temer (PSDB). As informações são da Folha de São Paulo.

Bruno agradeceu a confiaça do presidente, mas disse que não há mais apoio, por parte do partido, para continuar no cargo. O ex-ministro volta para a Câmara dos Deptuados, onde ocupa o cargo de deputado federal por Pernambuco.

Araújo estava no governo federal desde maio de 2016, quando começou o mandato de Temer, após a cassação de Dilma Rousseff.

Bruno é o primeiro do PSDB a deixar o governo depois das movimentações dos tucanos em desembarcar do governo. Além dele, outros três fazem parte do governo Temer: Antonio Imbassahy, da secretaria de Governo; Aloysio Nunes, Relações Exteriores e Luislinda Valois, do Direitos Humanos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions