A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

03/11/2013 12:20

Monteiro não acredita em novo convite de Bernal ao PSDB

Leonardo Rocha
Monteiro destaca PSDB não aceitaria cargo apenas por ter e sim com autonomia para trabalhar (Foto: Arquivo)Monteiro destaca PSDB não aceitaria cargo apenas por ter e sim com autonomia para trabalhar (Foto: Arquivo)

O presidente estadual do PSDB, o deputado Márcio Monteiro, não acredita que o prefeito Alcides Bernal (PP) faça um novo convite a algum filiado do PSDB para integrar sua equipe de trabalho, já que não existe nenhum contato partidário entre as partes.

“Disseram que o vereador João Rocha (PSDB) poderia ser convidado para fazer parte da sua administração, não acredito nesta possibilidade, não há qualquer relação do partido com o prefeito”, destacou ele.

De acordo com Monteiro, o PSDB só faria parte da gestão de Bernal se tivesse “autonomia” para trabalhar e montar sua equipe de trabalho, além de ter suas metas e programa de governo aceitos e colocados em prática pelo prefeito.

“Não seria apenas fazer o convite oficial ao partido e depois entrarmos na base aliada, não queremos cargo apenas por ter, nossa intenção é fazer uma ótima administração e melhorar a cidade”, apontou.

Foi cogitado que o prefeito Alcides Bernal (PP) fizesse uma pequena “reforma” política em sua administração, contemplando partidos para que aumentasse sua base aliada. Entretanto, o prefeito até o momento não confirmou as mudanças e até hoje não anunciou os dois comandantes da Secretaria da Juventude e da Mulher.

Expulsão – Monteiro voltou a dizer que a expulsão do secretário de educação, José Chadid, foi em função do descumprimento do estatuto, que prevê que qualquer cargo público de direção precisa ter a anuência do partido.

“São regras que precisam ser cumpridas, em relação aos vereadores não houve qualquer punição ou recomendação porque o partido se colocou na posição de independente, restando a cada um tomar suas próprias decisões”, explicou.

Os vereadores João Rocha e Professora Rose votaram de forma diferente ao pedido de abertura de Comissão Processante contra Bernal. Rose foi favorável e destacou que se o prefeito não tem irregularidades poderá provar na investigação, já João Rocha foi contra e ponderou que sua decisão foi em respeito à vontade popular.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions