A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/06/2014 17:20

Mulher do superitendente da PF em MS é nomeada juiza titular do TRE

Josemil Arruda
Advogada Telma Marcon assume vaga que estava aberta há mais de um ano (Foto: Facebook)Advogada Telma Marcon assume vaga que estava aberta há mais de um ano (Foto: Facebook)

A advogada Telma Valéria da Silva Curiel Marcon, esposa do superintendente da Polícia Federal no Estado, Edgar Marcon, foi nomeada pela presidente da República, Dilma Roussef, para compor o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) no cargo de juíza titular, na vaga decorrente da saída de Ary Raghiant Neto. A nomeação acaba com uma vacância de mais de um ano em decorrência de disputas judiciais.

No dia 19 de maio, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pôs fim à disputa, ordenando que a lista tríplice fosse encaminhada à presidente Dilma para a escolha do novo juiz para a vaga deixada por Ary, que conclui o segundo biênio no TRE-MS. Além da escolhida, Telma Marcon, também integravam a lista os advogados Luiz Henrique Volpe Camargo e Rodrigo Marques Moreira.

O Tribunal Regional Eleitoral é composto por sete membros efetivos, sendo dois desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado, dois juízes de direito, dois advogados e um juiz federal do TRF. Desde o final de 2012, quando Ary deixou o TRE-MS, uma vaga da advocacia ficou sem ser preenchida, o que acabou sobrecarregando os outros seis juízes nos julgamentos dos processos.

Formada em Direito pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Telma Marcon é advogada que atua na área do Direito Imobiliário e do Direito Empresarial. Ela é sócia do escritório de advocacia Resina & Marcon.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions