A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/05/2008 17:38

Murilo não vai à solenidade e Jerson já fala em governar

Redação

O presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos (PMDB), fez discurso hoje em solenidade para entrega de viaturas à Polícia Civil e Polícia Militar já falando como governador, função que ocupará no período de 15 a 29 de maio, por conta da viagem do governador André Puccinelli (PMDB) à Europa e ao Japão.

Jerson, que já havia assumido o Executivo de 29 de abril a 4 de maio, confirmou que ficará no lugar de Puccinelli porque o vice-governador, Murilo Zauith (DEM), vai tirar licença médica no período da viagem.

Na solenidade desta tarde, Domingos citou que ficará no cargo de governador, em razão da ausência de Puccinelli e também de Zauith, e brincou com deputados que, porventura, venham solicitar o envio de veículos para a polícia em suas cidades.

Murilo Zauith não compareceu à solenidade. O vice-governador não apareceu em público ainda desde que surgiu a polêmica envolvendo a autorização para viajar aos Estados Unidos, no mesmo período em que o governador esteve naquele País.

Puccinelli confirmou que, apesar de ter as despesas pagas pelo Estado, Zauith não acompanhou a comitiva. Até agora o vice não justificou sua ida ao exterior.

A viagem dele nunca foi explicada e pode ser explicada por uma manobra para não ficar inelegível, já que é pré-candidato em Dourados à prefeitura.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions