ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Política

Na Câmara, Marquinhos Trad terá maioria na base aliada em 2021

Dos 29 vereadores eleitos, 17 estavam na coligação do prefeito na eleição em Campo Grande

Por Leonardo Rocha | 23/11/2020 11:15
Prefeito Marquinhos Trad (PSD) durante discurso no TRE-MS (Foto: Henrique Kawaminami)
Prefeito Marquinhos Trad (PSD) durante discurso no TRE-MS (Foto: Henrique Kawaminami)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) conseguiu eleger em sua coligação 17 dos 29 vereadores, para seu segundo mandato, que começa em 2021. Ele então já vai começar os trabalhos no ano que vem, tendo a maioria da Câmara Municipal na sua base aliada.

Foram eleitos dentro da sua coligação: Roberto Santana (Republicanos), Carlos Borges (PSB), Gilmar da Cruz (Republicanos), João César Mattogrosso (PSDB), João Rocha (PSDB), Willian Maksoud (PTB), Juari Lopes (PSDB), Silvio Pitu (DEM), Riverton Francisco (DEM), Edu Miranda (Patri), Sandro Benites (Patri), André Fonseca (Rede), Otávio Trad (PSD), Valdir Gomes (PSD), Tiago Vargas (PSD), Beto Avelar (PSD) e Ademar Vieira Júnior (PSD).

Marquinhos conseguiu reunir para este pleito uma coligação com dez partidos, que garantiu inclusive a ele 3 minutos de programa eleitoral. “Quem elegeu foi a população, até porque tenho apenas um voto, no entanto na última eleição não tinha maioria, mas tive ótima relação com os vereadores, sem nenhum problema com a Câmara”, descreveu o prefeito, já no dia da sua vitória.

Na eleição anterior, em 2016, o prefeito elegeu apenas 6 dos 29 vereadores, no entanto não teve “atrito” ou projetos prejudicados por ter “minoria” no Legislativo. Inclusive na “janela partidária” deste ano, o seu partido (PSD) subiu de 2 para 5 vereadores, e a partir de 2021 será a maior bancada da Câmara.

Foram eleitos em coligações adversárias do prefeito: José Jacinto de Luna (Podemos), Ayrton Araújo (PT), Dharleng Campos (MDB), Loester Nunes (MDB), Epaminondas Vicente (SD), Camila Jara (PT), Jamal Salem (MDB), Clodoilson Pires (Podemos), Marcos Tabosa (PDT), Victor Rocha (PP), Alirio Vilasanti (PSL) e Ronilço Guerreiro (Podemos).

Plenário da Câmara Municipal em julho deste ano (Foto: Divulgação - CMCG)
Plenário da Câmara Municipal em julho deste ano (Foto: Divulgação - CMCG)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário