A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

06/07/2014 09:18

No primeiro dia de campanha, dois candidatos ao Governo vão para rua

Kleber Clajus

A campanha eleitoral tem início oficial neste domingo (6), com dois candidatos ao Governo de Mato Grosso do Sul na rua. Os demais optaram por fazer reuniões partidárias, ficar com a família ou não anunciaram nenhum compromisso público.

Reinaldo Azambuja (PSDB) decidiu sair, por volta das 8h, para percorrer o Mercado Municipal de Campo Grande e a Feira do Bairro Guanandi nesta manhã. Estes seriam os únicos compromissos do tucano neste domingo.

Já Marco Antônio Monje (PSTU) visita pontos turísticos de Corumbá, município distante 419 quilômetros de Campo Grande.
O ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) e Evander Vendramini (PP) dedicam o domingo a reuniões partidárias, além do senador e candidato ao Governo, Delcídio do Amaral (PT), optar em passar o dia com a esposa e filhas.

Por telefone, Sidney Melo (PSOL) não foi localizado pela reportagem.

Gastos na campanha – Durante o registro de candidatura, ontem (5), os candidatos evitaram se encontrar no TRE (Tribunal Regional Eleitoral). Com protocolo das coligações e nomes a serem lançados, também ficou registrado os gastos de campanha que cada sigla terá nessas eleições.

Cabeça de chapa do PMDB, o ex-prefeito Nelsinho Trad previu a campanha mais cara, com gastos na ordem de R$ 30 milhões.

Principal rival do PMDB no Estado, o PT, do senador Delcídio do Amaral, estimou desembolsar R$ 28 milhões na campanha pela sucessão do governador André Puccinelli (PMDB).

Já o candidato do PSDB, deputado federal Reinaldo Azambuja, previu despesa de R$ 25 milhões, enquanto o candidato do PP, vereador Evander Vendramini, estimou gastar R$ 11 milhões.

Representante do PSOL na corrida eleitoral, Sidney Melo, imagina desembolsar R$ 500 mil. O candidato do PSTU, Marco Antônio Monje, por sua vez, não informou despesa ao TRE.

Gasto com campanha pelo governo de MS pode chegar a R$ 94,5 milhões
Na corrida pelo voto dos sul-mato-grossenses, candidatos a governador estimam despesas de R$ 94,5 milhões, conforme informaram, neste sábado (5), ao ...
Ao Senado, Simone e Bernal estimam campanhas mais caras
Na corrida por vaga de senador, a vice-governadora Simone Tebet (PMDB) estimou o maior gasto de campanha entre os candidatos. O segundo orçamento mai...
Maia diz que retomará votação sobre reforma política na próxima terça-feira
Após dar início à votação da Proposta de Emenda Constitucional da reforma política, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions