A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

22/01/2017 18:55

Novo piso para professores do município depende da arrecadação, diz secretária

Alberto Dias
Secretária de Educação, Ilza Mateus, em reunião com prefeito Marquinhos Trad neste domingo (22). (Foto: Alberto Dias)Secretária de Educação, Ilza Mateus, em reunião com prefeito Marquinhos Trad neste domingo (22). (Foto: Alberto Dias)

Com uma folha mensal de funcionários que soma quase R$ 112 milhões, contraposta a uma dívida deixada pela gestão anterior que ultrassa os R$ 300 milhões, a administração municipal evita falar em reajuste salarial aos 22 mil servidores, que no ano passado acabaram sem a atualização dos rendimentos. No caso dos professores, que cumpre tabela específica, a situação não é diferente.

"Dependerá da arrecadação do município, pois temos que verificar o limite prudencial da folha", explicou a secretária Ilza Mateus, em entrevista ao Campo Grande News news domingo. Outro assunto a ser tratado "mais adiante" é a eleição dos diretores nas unidades de ensino. A exemplo do que havia dito o prefeito Marquinhos Trad (PSD), a meta é publicar decreto e iniciar as tratativas no segundo semestre.

Com apenas 20 dias de gestão, as urgências demonstradas são outras: deixar tudo pronto para as aulas que começam daqui a duas semanas em 94 escolas e 99 ceinfs. Segundo Ilza, o trabalho é intenso e, deste total, cerca de 100 unidades já tiveram os terrenos limpos e capinados. Muros pixados foram pintados e alguns reparos foram feitos. Quanto aos uniformes e kits escolares, cautelosa, diz que devem chegar nos primeiros dias de aula.

A partir desta segunda-feira (23), as creches e também as 94 escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) começam a receber os alimentos que comporão a merenda de 107 mil alunos na Capital . Na Suali (Superintendência de Abastecimento Alimentar), toneladas de mantimentos serão distribuídas por três caminhões baú e duas caminhonetes até as unidades - trabalho que deverá ser concluído antes do início das aulas.

Também amanhã, cada unidade passará a contar com um guarda municipal para cuidar da segurança e evitar invasões. "Quatro ceinfs foram arrombados entre dezembro e janeiro", revelou a secretária. Já o prefeito Marquinhos Trad, garantiu a segurança no entorno das unidades. "Já pedi reforço e atenção à Agetran", disse, para organizar o trânsito no retorno às aulas, a partir de 6 de fevereiro, uma responsabilidade da Agência Municipal de Transporte e Trânsito.

Professores aprovados em concurso público são chamados para Ceinfs
Vagas abertas para cargos de professor do quadro permanente nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil), em Campo Grande, serão preenchidas por 73 pess...
Prefeitura monta 'força-tarefa' para limpar escolas e creches públicas
A prefeitura de Campo Grande anunciou nesta segunda-feira (9) o início de uma força-tarefa de funcionários da Seintrha (Secretaria Municipal de Infra...
Com 6 mil vagas para Ceinfs, secretaria recadastra integrantes de fila
A Semed (Secretaria Municipal de Educação) iniciou o recadastramento de crianças à espera de vagas em Ceinfs (Centros de Educação Infantil) para atua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions