A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Abril de 2018

03/07/2012 13:05

Operação do Gaeco ouve secretários, empresário e servidores em Paranaíba

Aline dos Santos

A ação investiga esquema de desvio de dinheiro por meio de emissão de notas fiscais frias

Documentos foram apreendidos na prefeitura de Paranaíba. (Foto: Jornal Tribuna Livre)Documentos foram apreendidos na prefeitura de Paranaíba. (Foto: Jornal Tribuna Livre)

A operação Geleira, realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) hoje em Paranaíba, ouve depoimentos de secretários municipais, empresário e funcionários públicos. Com o cumprimento dos mandados de condução coercitiva, eles foram levados para o MPE (Ministério Público Eleitoral).

A ação investiga esquema de desvio de dinheiro por meio de emissão de notas fiscais frias. Do primeiro escalão da prefeitura, estava previsto depoimento dos responsáveis pelas pastas de Finanças e Governo.

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão na prefeitura de Paranaíba e quatro residências. A operação envolve 22 agentes do Gaeco.

Conforme o Jornal Tribuna Livre, a ONG (Organização Não Governamental) Avança Paranaíba denunciou ao MPE (Ministério Público Eleitoral) que a prefeitura emitiu notas fiscais de pagamentos por serviços não realizados.

No valor de R$ 6.490, uma nota aponta a realização do “georreferenciamento do Parque Industrial II”. A nota foi emitida por um servidor público municipal, além do serviço não ter sido executado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions